Sábado, 25 de Janeiro de 2020
Manaus

Polícia Militar prende o suspeito de assassinar a facadas mulher e o filho dela na Compensa

Corpos das vítimas foram encontrados com várias perfurações de faca. Suspeito confessou o crime, dizendo que matou por primeiro a mãe e depois o filho dela



1.jpg Eldimar Figueiredo Ribeiro, 23, será apresentado à imprensa amanhã
14/12/2015 às 14:24

Foi preso nesta manhã (14) Eldimar Figueiredo Ribeiro, de 23 anos, conhecido como “Sem coração”, por ser suspeito de assassinar uma mulher e o filho dela no último dia 6 de dezembro em Manaus.

As vítimas foram a empregada doméstica Roseli de Castro Marinho, de 41 anos, e o filho dela, Mateus Marinho Martins, 17, que tinha deficiência. O crime aconteceu na estância onde moravam, na rua Campos Sales, bairro Compensa 2, Zona Oeste de Manaus.



Eldimar foi capturado pela Polícia Militar por volta das 11h de hoje, em uma casa no bairro Santa Luzia, Zona Sul de Manaus. A prisão dele foi confirmada pelo major Ubirajara Rosses, subcomandante do Policiamento Oeste.

Segundo o major, o suspeito confessou o crime em detalhes, dizendo que matou por primeiro a dona de casa Roseli e, em seguida, o filho dela que ainda tentou impedi-lo.

De acordo o oficial, um informante entrou em contato com familiares do suspeito e forneceram a localização de Eldimar. Segundo o major, o suspeito estava sendo ameaçado de morte e, por conta disso, foi entregue à PM.

“Um informante entrou em contato com os familiares e depois nos forneceu a localização dele, pois a família estava com medo de que acontecesse algo com ele e por isso forneceu a localização para o nosso informante”, explicou.

A motivação do crime, conforme o major Ubirajara Rosses, é chocante, porém só será revelada amanhã, terça-feira (15), durante coletiva de imprensa.

Ainda segundo informações do subcomandante da Zona Oeste, o suspeito admitiu também que na noite do crime havia ingerido bastante bebida alcoólica e usado muita cocaína.

O crime

Rosely e Mateus foram encontrados mortos com várias perfurações de faca pelos corpos. A mãe estava despida em cima da cama. Segundo a polícia, foram 31 golpes desferidos contra ela.

O corpo de Mateus, que segundo os vizinhos possuía dificuldades na fala, foi encontrado atrás de um sofá na sala, apresentando pelo menos 22 perfurações de golpes de faca.

Um vizinho da vítima, um autônomo de 37 anos, contou que ela e o filho eram pessoas boas e nunca deram problemas para ninguém. Os corpos dos dois foram encontrados por outra filha, que morava em outro local.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.