Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia prende dupla suspeita de invadir micro-ônibus em Manaus e assaltar usando espingarda

Dois homens foram presos, mas a polícia ainda procura por uma mulher responsável por recolher celulares das vítimas dentro do coletivo. Caso aconteceu na avenida Iraque, bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste 05/11/2014 às 17:07
Show 1
PMs conseguiram prender suspeitos logo após o crime
VINICIUS LEAL Manaus (AM)

Em uma ação rápida, policiais conseguiram prender dois homens em Manaus suspeitos de assaltarem um micro-ônibus usando uma espingarda e de ameaçarem passageiros, no bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste. Ewerton Gabriel Souza da Silva, 19, e Josinaldo Correa de Moura, 19, foram presos, mas uma mulher ainda é procurada.

Segundo a polícia, o coletivo fazia trajeto na avenida Iraque, uma das principais do Gilberto Mestrinho, quando os três infratores entraram no micro-ônibus e anunciaram o assalto. Josinaldo segurava a espingarda e ameaçava as vítimas, enquanto Ewerton arrancou o aparelho de som do veículo, e a mulher recolhia pertences como celulares.

O assalto aconteceu na tarde de terça-feira (4), e ainda no mesmo dia Josinaldo e Ewerton foram presos. Um adolescente, vítima do assalto, pediu ajuda de PMs da 4ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que passavam no local, e o rapaz entrou na viatura para ajudar na perseguição. O primeiro a ser capturado foi Josinaldo.

Ele estava nas proximidades, ainda no bairro Gilberto Mestrinho, e confessou o crime, como também ajudou os PMs a localizarem o parceiro dele, Ewerton. Os dois foram levados para o 4º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde negaram serem amigos, mas disseram que toparam assaltar juntos para sustentar o vício em drogas com o que fosse roubado.

Segundo o delegado Alessandro Albino, titular do 4º DIP, além dos celulares e do aparelho de som, o trio ainda levou toda a renda recolhida com a venda de passagens no ônibus, R$ 350. Conforme o delegado, inclusive, a espingarda usada no crime, de calibre 20, era de fabricação caseira e tinha sido produzida pelo próprio Josinaldo.

Os dois infratores foram autuados por roubo majorado e porte ilegal de arma de fogo, mas podem ser autuados também por outros crimes como ameaça, dependendo da maneira como agiram com cada vítima. Os dois serão levados para a cadeia. A mulher suspeita de participar do assalto ainda não foi identificada, mas está sendo investigada.

*Com informações da repórter Girlene Medeiros

Publicidade
Publicidade