Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia prende falso dentista que atuava em consultório clandestino

Identificado como Erivan Soares Júnior, 30, homem usava registro profissional em nome de outra pessoa em clínica no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus 07/01/2015 às 21:24
Show 1
No local foram apreendidos materiais usados em procedimentos dentários
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Um homem que exercia ilegalmente a profissão de dentista foi preso na tarde desta quarta-feira (7) em Manaus por policiais militares da 20° Companhia Interativa Comunitária (Cicom). A prisão aconteceu no próprio consultório em o dentista atuava na avenida Goânia, Parque São Pedro, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

O homem, identificado como Erivan Soares Júnior, 30, também usava um falso registro do Conselho Regional de Odontologia do Amazonas (CRO-AM). Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, os PMs chegaram ao consultório e perguntaram o nome do suspeito, que tentou usar outra identificação, mas acabou falando o nome verdadeiro.

Durante abordagem, Erivan negou que usava ilegalmente o registro profissional do dentista Aníbal Monteiro dos Santos Júnior, mas informou que exercia a profissão há algumas semanas. Com ele foram apreendidos materiais usados em procedimentos dentários. Ele assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e responderá em liberdade pelo crime de exercício ilegal da profissão.


No dia 7 de novembro, a polícia também prendeu outro falso dentista, identificado como Usiel Gomes Barbosa, que usava registro profissional de cirurgião já falecido do estado de Minas Gerais. A polícia o prendeu no consultório dele, na rua Girassol, bairro Lírio do Vale, Zona Centro-Oeste. A clínica clandestina possuía poucas condições de higiene.

No dia 14 de outubro, durante fiscalização de rotina, membros do CRO-AM flagraram outro falso dentista realizando atendimento ilegal em uma clínica no bairro Mutirão, Zona Norte. Marcos Moreira promovia irregularmente atendimentos em consultório. Na época, ele afirmou que já havia feito o curso de Odontologia, mas desistiu.

No dia 1º de outubro, o CRO-AM e a polícia prenderam duas estudantes suspeitas de exercerem ilegalmente a profissão em consultório no edifício Lobras, avenida Sete de Setembro, Centro de Manaus. Elas faziam procedimentos como extração dentária, montagem, troca de liga ortodôntica e restauração.

Denúncia

A população também pode ajudar no combate aos falsos dentistas denunciando para o CRO e também à polícia o exercício ilegal desses profissionais. O crime tem pena de até dois anos de detenção. O CRO Amazonas fica na rua Silva Ramos, nº 71, no Centro de Manaus. As denúncias podem ser feitas pelo 0800 284 1380 e (92) 3131-2200.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade