Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
Manaus

Polícia prende homem suspeito de roubar R$ 100 mil, em Manaus

Polícia Militar diz que ele é suspeito de participar da morte de sargento em assalto semana retrasada. Polícia Civil, no entanto, diz não haver, até o momento, qualquer indício de relação entre o homem e a morte



1.jpg Thiago era procurado por um roubo de R$ 100 mil
27/07/2015 às 20:32

A Polícia Militar prendeu na tarde desta segunda-feira (27) Thiago Castro da Gama, 25, que era procurado por um roubo de R$ 100 mil há dois meses na área da Feira Manaus Moderna, no Centro de Manaus. Segundo a Polícia Civil, Thiago Gama também é investigado por outros roubos na capital.

Além de Thiago, Itatiana Silva de Oliveira, 35, e Paulo Roberto Pinto Júnior,  28, foram detidos no momento da abordagem, na rua José Paranaguá, no Centro. Os três estavam em um carro amarelo. Policiais militares chegaram a Thiago após denúncias anônimas de moradores da área.  



Thiago e  Itatiana foram reconhecidos com base em imagens que circularam nas redes sociais que apontavam que eles supostamente seriam os responsáveis pela morte do sargento Afonso Camacho Dias - assassinado a tiros durante um assalto no dia 17 deste mês.

"Nós recebemos a denúncia  de que os suspeitos  estavam circulando naquela área e uma de nossas equipes foi até  lá para verificar a situação.  Mas, só a Polícia  Civil vai poder confirmar se eles são  ou não os suspeitos", explicou o comandante da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), capitão Rayleno Pereira.

A Polícia Militar, porém, divulgou nota informando que prendeu o homem suspeito da morte do sargento e divulgou a imagem dos três que foram detidos.  O três foram conduzidos à Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), no bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste, onde prestam depoimento.

Itatiana e o Paulo Roberto serão liberados porque não  existe nenhuma prova que os coloque na cena do crime do caso Camacho, segundo o delegado titular da DERFD, Adriano Félix. Apenas o Thiago ficará preso em decorrência do mandado de prisão, pelo roubo do empresário. O delegado Adriano Félix ressaltou que, até o momento, não há nada que relacione Thiago à morte do sargento Camacho.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.