Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019
Manaus

Polícia prende pintor que fingiu pedir carona para assaltar e matar conhecido no João Paulo 2

Vítima foi enganada e aceitou dar carona para assassinos até lanchonete na Nova Cidade. No caminho, motorista foi esfaqueado. Adolescente que participou do crime está foragido



1.jpg Jhoe já conhecia a vítima e arquitetou plano para roubar carro e matar
14/12/2015 às 11:13

A Polícia Civil do Amazonas prendeu um dos suspeitos de participar do assassinato de um homem no conjunto João Paulo 2 ocorrido no dia 19 de novembro em Manaus. Um adolescente que deu golpes de facada na vítima está foragido.

O homem já preso é o pintor Jhoe Denncer Nery Ribeiro, de 19 anos. Ele e um adolescente de 17 anos são os suspeitos de assassinarem José Rodnei Gonçalves Reges, de 59 anos. O crime ocorreu por volta das 23h do dia 19 de novembro, após a vítima aceitar dar carona para os assassinos na rua Curaçal, conjunto João Paulo 2.



Segundo o delegado Ivo Martins, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Jhoe e o adolescente já conheciam a vítima do conj. João Paulo 2 e pretendiam roubar dinheiro e o veículo dele. Para isso, eles arquitetaram um plano.

Conforme Martins, Jhoe e o adolescente pediram a José Rodnei que os levasse até uma lanchonete nas proximidades de um supermercado no bairro Nova Cidade. A vítima, José Rodnei, aceitou dar a carona. Durante o trajeto, o adolescente simulou que queria urinar, e assim a vítima, enganada, parou o carro.

A partir deste momento, conforme a polícia, o motorista foi esfaqueado pelo adolescente enquanto Jhoe o segurava para que não houvesse reação. Após perceberem que José Rodnei estava morto, a dupla colocou o corpo no banco traseiro do carro, com a intenção de jogá-lo em um ramal, e seguiram em fuga.

No caminho, os assassinos se assustaram com a aproximação de uma viatura policial, colidiram e abandonaram o veículo. Eles fugiram em direção a um matagal. A vítima foi encontrada abandonada dentro do próprio carro.

Prisão

Jhoe foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva na última sexta (11), por volta das 17h. Ele escondido na casa de um vizinho, na rua Dom Jackson Damasceno, conj. João Paulo 2. Ele responderá pelo crime de homicídio qualificado por motivo torpe. Na delegacia, Jhoe confessou o crime.

O adolescente suspeito de participar do assassinado não foi apreendido, mas já foi identificado.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.