Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia prende quinto suspeito de participar de homicídio no bairro Redenção, em Manaus

Vítima e esposa foram alvejadas quando estavam em casa, no dia 30 de julho. Crime teria sido motivado por dívida de R$ 900 com traficante “Japa” 13/10/2014 às 16:31
Show 1
Felipe de Souza Amazonas agiu no crime como um "olheiro", dando cobertura
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Felipe de Souza Amazonas, 18, foi preso pela Polícia Civil suspeito de participar de um homicídio ocorrido no dia 30 de julho deste ano no bairro Redenção, na Zona Centro-Oeste de Manaus. Ele é a quinta pessoa a ser capturada como suspeita de participar da morte de Mateus da Silva Costa, 35, que foi alvejado. A polícia procura pelo sexto envolvido.

Investigadores da Delegacia de Homicídios (DEHS) prenderam Felipe na rua Ágape, bairro Redenção, em cumprimento de mandado de prisão, na última sexta (10). O crime foi motivado por dívidas com tráfico de drogas e, na ocasião, o grupo ainda tentou matar a esposa de Mateus, a professora Josilane Aparecida Carnave Ferreira, 30, que sobreviveu.

O assassinato de Mateus, e a tentativa de homicídio contra Josilane, aconteceu na residência do casal, na rua 25 de Dezembro, também na Redenção. Já foram capturados pelo envolvimento no crime Jhonison Monteiro da Silva, 19, o “Japa”, Eliésio Machado Albano, 18, Jorge William Souza de Oliveira, 19, o “Neguinho”, e um adolescente de 17 anos.

“Esse rapaz é a quarta pessoa presa, dentre os seis envolvidos, e mais um adolescente de 17 anos que está apreendido. Todos negaram a participação no delito. Porém, as investigações realizadas pela delegacia, apontam a participação efetiva de todos eles no homicídio”, declarou o delegado Paulo Martins, titular da DEHS.

Segundo a polícia, Felipe agiu no crime como um “olheiro” de Jhonison, o “Japa”, que é apontado como um dos principais líderes do tráfico na Redenção e mandante do crime. Conforme a delegada Débora Mafra, Mateus foi morto porque matinha uma dívida de R$ 900 com “Japa”, que arquitetou tudo e chamou mais cinco parceiros para ajudá-lo.

Felipe responderá judicialmente pelo homicídio de Mateus e pela tentativa de homicídio contra Josilane. Ele será encaminhado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa. A sobrevivente, Josilane, permanece internada no Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, em Manaus. O sexto suspeito do crime ainda está sendo investigado pelos policiais da DEHS.

Publicidade
Publicidade