Terça-feira, 16 de Julho de 2019
Manaus

Polícia realiza 'Operação Feira Livre' contra o tráfico na Zona Norte

A operação teve o apoio de 30 investigadores da Polícia Civil e de policiais militares da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom)



1.jpg Agentes se preparam para deflagrar Operação Feira Livre, para desarticular o tráfico de drogas na Zona Norte de Manaus
28/08/2013 às 18:07

Policiais civis do 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP) realizaram na manhã desta quarta-feira (28) uma operação contra o tráfico de drogas na Zona Norte de Manaus. A ação denominada ‘Operação Feira Livre’, desarticulou uma quadrilha especializada na comercialização de entorpecentes na feira do bairro Santa Etelvina e era comandada por detentos de dentro de presídios do Amazonas.

Oito pessoas foram presas e mais duas adolescentes, de 15 e 17 anos, apreendidas em cumprimento de mandados de prisão. A operação teve o apoio de 30 investigadores da Polícia Civil, sete delegados e de policiais militares da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Segundo a delegada Ana Cristina Braga do 26º DIP, a quadrilha era organizada e comandada por dois detentos, por meio de telefones celulares de dentro de presídios. Anderson Costa dos Santos, o ‘Bocão’, está preso na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) e Ronald Júnior Pinheiro de Souza, o ‘Chuck’ na cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa e são os chefes do tráfico da área dos bairros Santa Etelvina e Monte das Oliveiras.

Jéssica Gurgel Rodrigues, 21, Marcilene Macedo Freitas, 31, o seu esposo Laércio Teles de Menezes, 41, Cléber Oliveira Esteves, 35, o ‘Binho’, Adriana Leocádio de Lira, 29, o companheiro Barbosa Correia, 35, Robert Carlos da Silva Penha (apontado como um dos chefes da quadrilha) e Márcia Dantas da Silva, 39, foram presos na rua Amazonino Mendes durante a operação.

Material apreendido

Com eles foram apreendidos 200 gramas de entorpecentes, supostamente pasta base de cocaína e cocaína pura, dois televisores LCD, uma máquina de lavar, um fogão, um ferro, um micro-ondas, um aparelho de som e uma motocicleta, modelo FAN, de placas NOR-2715.

A ação que foi comandada por Braga e realizada após nove meses de investigações. Foram cumpridos dez mandados de prisão preventiva e doze de busca e apreensão expedidos pelo juiz Francisco Pessoa Almada da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (VECUTE).


Os suspeitos foram autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e formação de quadrilha e devem ser encaminhados à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa nesta tarde. As adolescentes foram levadas à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI).

Sejus

A equipe de reportagem de A Crítica entrou em contato com o secretário executivo adjunto da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), major Antônio Norte Filho, que informou que a nova gestão tem tentado coibir o uso de celulares dentro das unidades prisionais. Ainda segundo ele, a única unidade prisional sem o bloqueador de celular é a cadeia pública, por ser situada na área central da capital amazonense.

Questionado sobre o uso do aparelho pelo outro detento, que está cumprindo pena em uma unidade que 'possui' o bloqueador, o secretário disse que há possibilidade de ter pontos cegos no presídio, onde o bloqueador não corta o sinal da operadora. ‘Bocão’ e ‘Chuck’ vão passar por um conselho de disciplina e estão isolados em celas individuais.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.