Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019
Manaus

Policlínica Codajás mantém certificação da qualidade

O novo relatório que decidiu pela manutenção do cerficado de qualidade aponta que a unidade vem atendendo a norma, com investimentos em novos equipamentos, plano de treinamento e compromisso de seus colaboradores 



1.jpg Diretor geral da Policlínica Codajás, Fábio Manabu Shimizu, o resultado conquistado mais uma vez pela instituição é fruto da consolidação da política de gestão da qualidade na unidade ambulatorial
28/02/2013 às 16:30

A Policlínica Codajás, unidade de referência em atendimento ambulatorial da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), foi recomendada a manter a certificação do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ), por atender aos requisitos da norma ISO 9.001/2008. O resultado foi anunciado nesta quinta-feira (28) pelo organismo certificador TÜV Rheinland do Brasil, após dois dias de realização da 4ª auditoria de acompanhamento no início da semana. A avaliação de controle externo, iniciativa apoiada pelo Governo do Amazonas, é um procedimento obrigatório e vem sendo realizada desde que a unidade de saúde recebeu o selo de referência em 2010.

De acordo com relatório emitido pela TÜV, a organização atende de forma satisfatória a norma. O documento destaca como pontos fortes da unidade o investimento em novos equipamentos, como o processo de aquisição de um espirômetro e um autorefrator, bem como o cumprimento do Plano de Treinamento e o crescente comprometimento dos colaboradores da Policlínica Codajás com o SGQ.

Para o diretor geral da Policlínica Codajás, Fábio Manabu Shimizu, o resultado conquistado mais uma vez pela instituição é fruto da consolidação da política de gestão da qualidade na unidade ambulatorial. “O nosso compromisso é assegurar a satisfação da população, por meio da revisão contínua dos nossos processos e procedimentos de saúde, entre os quais consultas, procedimentos e exames”, disse o gestor.

“Possuir a credencial da qualidade é motivo de muito orgulho para nós e um parâmetro para que melhoremos cada vez mais”, afirmou. Shimizu também agradeceu aos trabalhadores da unidade de saúde pelo empenho e envolvimento no processo de manutenção da qualidade. “O esforço e o comprometimento de cada um é que torna isso possível”, arrematou.

Acompanhamento

Na 4ª auditoria de acompanhamento foram auditados os setores responsáveis pela realização de consultas médicas especializadas, serviços de apoio e diagnóstico, exames laboratoriais, procedimentos radiológicos simples, ultra-sonografia, endoscopia, ecocardiograma, testes ergométricos, espirometria, audiometria, eletrocardiografia, eletroencefalografia, procedimentos fisioterápicos, ale, da coordenação e execução dos programas especiais de saúde.

Atualmente, a unidade disponibiliza 35 especialidades médicas, além de nutrição, psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, serviço social, enfermagem, assistência farmacêutica e recebe, em média, dois mil usuários por dia.


*Com informações da assessoria de comunicação

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.