Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
LEVANTAMENTO

Polo Industrial de Manaus registra o maior crescimento desde 2014

Bom desempenho do setor industrial teve reflexo direto sobre as contratações. A indústria foi o setor que mais ofertou oportunidades de contratação no primeiro semestre de 2019



daedas_F6A64E9C-E6D4-46F1-8B4F-36191F49C090.jpg Foto: Arquivo AC
23/09/2019 às 10:01

O Polo Industrial de Manaus (PIM) fechou o semestre com o registro de seu melhor faturamento nos últimos cinco anos. As 483 empresas apresentaram crescimento nominal de 10,68% que equivale a R$ 48.486.199.439 de janeiro a junho de 2019 no comparativo com igual período do ano passado. O faturamento nominal é o maior registrado pela Zona Franca de Manaus desde 2014.

Na análise com os anos anteriores, a taxa de crescimento nominal do PIM é ainda mais expressiva. No comparativo primeiro semestre de 2019 com igual período de 2017, alta de 28,76% e a mesma relação com 2016, o apurado saltou para 39,13%. 



No mesmo intervalo de tempo, seis segmentos do PIM apresentaram evolução: Bens de Informática do Polo Eletroeletrônico (20,10%); Duas Rodas (17,51%); Termoplástico (24,95%), Metalúrgico (52,90%); Mecânico (20,32%); Produtos Alimentícios (45,11%). A alta dos setores foge do parâmetro nacional. No primeiro semestre deste ano, a indústria brasileira permaneceu com o crescimento estagnado. 

O bom desempenho do setor industrial teve reflexo direto sobre as contratações. A indústria foi o setor que mais ofertou oportunidades de contratação em junho. Conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que mensura a diferença entre contratações e demissões, o saldo de contratatos fechou em 1.683, sendo 509 do setor industrial.

Ampliação e implantação de novos negócios

Na 287ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da Suframa (CAS), foram aprovados 87 projetos sendo 26 de implantação e 61 de ampliação.Ao longo dos próximos três anos, investimentos da ordem de R$ 651 milhões devem gerar 3.415 empregos. 

Além de estimular a ampliação do número de negócios, a Superintendência da Zona France de Manaus (Suframa) também tem atuado intensamente na busca por novos vetores de desenvolvimento que forneçam sustentação econômica para a região. A visita a Coreia do Sul, líder na tecnologia da informação, faz parte da nova política expansionista inserida pelo superintendente Alfredo Menezes.    

“A prospecção de novos negócios nos levou por intermédio da Agência de Promoção Comercial e de Investimentos à Coreia do Sul. Esse país que contabilizou PIB (Produto Interno Bruto), em 2017, de R$ 1,531 trilhões pode ser um parceiro ainda maior no PIM. Aqui, contamos com as sólidas empresas coreanas Samsung e LG, que vem dominando o mercado mundial com seus smartphones e televisores. As relações comerciais podem ser intensificadas de forma a englobar a diversificação de operações. Assim como à Coreia do Sul, tenho direcionado minha equipe a levantar mercados emergentes para expandir as operações do PIM”, detalhou o superintendente.

Paralelo a isso, a Suframa tem revitalizado o Distrito Industrial com aprimoramento da infraestrutura em parceria com a Prefeitura de Manaus; tem discutido a interligação de Manaus ao Oceano Pacífico por meio do Peru; reduziu o valor de contratos de serviços comuns e de informática com economia de R$ 18 milhões. Para capitanear investidores para a região, a Suframa apoia a 1ª Feira de Sustentabilidade do PIM (fesPIM). No mês de outubro, os produtos fabricados na Zona Franca estarão em 130 stands, mostrando o potencial econômico e alto nível tecnológico.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.