Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Manaus

População terá acesso aos documentos da CMM

Com a regulamentação da Lei de Acesso à Informação, aprovada nesta segunda pelos vereadores de Manaus, o cidadão poderá ter acesso aos dados administrativos da Casa Legislativa



1.png A frequência dos vereadores, os valores pagos a eles, as licitações e os projetos de leis aprovados na Casa devem ser divulgados
13/05/2013 às 18:13

Os vereadores de Manaus começaram a aprovar durante a sessão plenária desta segunda-feira (13) uma resolução que regulamenta a Lei de Acesso à Informação na Câmara Municipal de Manaus (CMM). A medida garante que os cidadãos tenham acesso diretamente a todos os atos administrativos da Casa Legislativa.

A deliberação dos vereadores acontece com dois anos de atraso após a criação da lei, feita pela presidente Dilma Rousseff (PT) no dia 18 de novembro de 2011. O presidente da Casa, vereador Bosco Saraiva (PSDB) terá ainda seis meses para implementar a lei na Casa.

Depois de implementada, a Câmara Municipal terá o dever de disponibilizar dados administrativos a qualquer cidadão como a freqüência dos vereadores, os valores pagos a eles, as licitações e os projetos de leis aprovados na Casa.

As demandas  serão enviadas por meio do Serviço de Informação ao Cidadão (SIC) em forma de formulário. O documento deve contar com os dados pessoais do cidadão e a informação que quer saber.

O SIC ainda não foi criado e estará subordinado a Ouvidoria da CMM.

# Leia mais informações na edição impressa do Jornal A CRÍTICA desta terça-feira (14).

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.