Publicidade
Manaus
APÓS BOATO DE ARRASTÃO

População vai às ruas do Centro para fazer compras, mas segue assustada

Na avenida Eduardo Ribeiro, onde pessoas relataram um arrastão na tarde de ontem, o fluxo era intenso na manhã deste sábado (7) 07/01/2017 às 12:12 - Atualizado em 07/01/2017 às 14:48
Mayrlla Motta Manaus (AM)

Um dia após o susto de um arrastão no Centro de Manaus, que aterrorizou a população na tarde de sexta-feira (06), levando lojistas e comerciantes a fecharem estabelecimentos de compras mais cedo, a movimentação nas ruas na manhã deste sábado (07) voltou a ser intensa.

A vendedora Neide* disse que nem esperava a quantidade de pessoas na rua hoje por causa da movimentação de ontem. "Era muita gente correndo e até que se provasse que tudo não passava de um boato, as portas da loja já estavam fechadas", relatou. 

A técnica de enfermagem Maria Nery, 47, contou que veio "observar o movimento" e para ela, tudo não passou de um boato. "Acredito que as pessoas falaram isso só para a população ficar com medo. Suponho que isso não é ação de foragidos, mas de quem já estava do lado de fora (da cadeia) e se aproveitaram da situação para assustar a gente", disse.

A reportagem percorreu as ruas Av. Eduardo Ribeiro e adjacências e encontrou uma equipe da guarda municipal e dois policiais militares, que preferiram não falar.

Publicidade
Publicidade