Publicidade
Manaus
Manaus

‘Portal da Cidade’ dá lugar a viaduto para amenizar congestionamentos

Após anos de abandono e projetos mal sucedidos derevitalização da área, prefeitura inicia obras de complexo viário, que vão atéabril 28/10/2013 às 07:45
Show 1
Segundo a prefeitura, o complexo viário deve dar fluidez ao trânsito nas avenidas Santos Dumont e Torquato Tapajós, tanto no sentido Centro como Zona Norte
Jaíze Alencar ---

Após várias tentativas frustradas da prefeitura, em transformar a “porta de entrada” de Manaus, também chamada de Portal da Cidade,na avenida Santos Dumont, cruzamento com a Torquato Tapajós, Zona Oeste, em um local badalado, que pudesse ser utilizado pela população, a prefeitura decidiu construir no local um complexo viário, para amenizar o congestionamento naquela área.

O Portal da Cidade foi construído em 1997 para ser utilizado por ciclistas. Mas, hoje, muitos adeptos das pedaladas desconhecem que o local fora planejado para essa finalidade. “Eu não sabia, achava que o local não tinha sido concluído e deixaram pra lá. É uma pena que este espaço não esteja sendo valorizado como deveria, ainda mais agora que as pessoas, assim como eu,estão voltando a passear de bicicleta pela cidade”, comentou a estudante de pedagogia Suelen Souza.

O local, que já foi palco de práticas esportivas como o mountain bike e o motocross, acabou novamente abandonado após a proibição dessas atividades lá. Por determinação da prefeitura, em conjunto com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), foi proibido o uso do local para ciclismo, por conta da quantidade de carros que transitam na via, o que representaria perigo para os frequentadores.

Recentemente, o espaço vinda servindo como criadouro para a proliferação de mosquitos da dengue. Os visitantes que chegavam a Manaus pelo Aeroporto Intenacional Eduardo Gomes se deparavam com um monumento totalmente abandonado pelo poder público e pelos próprios manauaras.

Apesar de estar localizado no cruzamento da avenida que dá acesso ao aeroporto com a principal entrada da cidade, a avenida Torquato Tapajós, o local só concentrava lixo e mato.

Obras

Na semana passada, a Secretaria Municipal de Infraestrutura(Seminf) colocou tapumes em volta do espaço, para iniciar as obras do complexo viário com passagem de nível entre as avenidas Torquato Tapajós e Santos Dumont.

As obras deverão dar mais fluidez à avenida Torquato Tapajós e reduzir o congestionamento na via, com a construção das alças viárias.

O acesso ao aeroporto e o retorno à avenida Torquato Tapajós serão facilitados com a construção de uma passagem subterrânea em dois sentidos de fluxo no complexo.

Urbanista defende uso misto da área

Para o urbanista Jaime Kuck, que se diz contra as “grandes obras que privilegiam o automóvel e grandes empreiteiras”, esse viaduto pode ser a última grande obra viária com utilidade para Manaus. “Considerando a ampliação do aeroporto e a legislação internacional de acesso rápido,especialmente em caso de emergência. Mas os viadutos são de grande impacto negativo na paisagem. São feios e enormes”, avaliou.

Kuck afirma que as obras do complexo viário poderiam ser mais bem aproveitadas, valorizando o portal da cidade. “Acredito que um concurso público para um projeto urbano e paisagístico do entorno imediato poderia diminuir o impacto visual e ser apresentado como um pequeno consolo para aqueles que gostariam que aquele local fosse transformado em um cartão postal de entrada para a nossa cidade”.

Publicidade
Publicidade