Segunda-feira, 20 de Maio de 2019
ZONA CENTRO-SUL

Posto da Ouvidoria é inaugurado na Rodoviária de Manaus pela Arsam

As ouvidorias que estavam localizadas no PAC Cidade Nova e no PAC Centro foram deslocadas para a Rodoviária



arsam.JPG
Foto: Arsam/Júlio Ransec
10/04/2018 às 15:44

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam) inaugurou, nesta terça-feira (10), um posto da Ouvidoria na Rodoviária de Manaus, no bairro Flores, na Zona Centro-Sul de Manaus.  

A medida é para atender com mais agilidade as demandas dos usuários que utilizam o transporte rodoviário intermunicipal de passageiros.

Em decorrência do distrato com a Prefeitura Municipal de Manaus no que tange a regulação dos serviços prestados pela concessionária Manaus Ambiental, a agência passou a ter um enfoque maior nas demandas relacionadas à exploração do serviço de gás canalizado concedido à Cigás e os serviços prestados pelas empresas de transporte intermunicipal coletivos de cargas e passageiros no Amazonas.

O diretor-presidente da Arsam, Walter Cruz, deslocou as ouvidorias que estavam localizadas no PAC Cidade Nova (Shopping Sumaúma, Zona Norte) e no PAC Centro (Galeria dos Remédios, Zona Sul de Manaus) para o terminal rodoviário, ponto estratégico de entrada e saída da capital.

O objetivo é oferecer um atendimento mais eficaz à população, uma vez que a ouvidoria é a responsável pelo “feedback” dos usuários. “Iniciamos um novo ciclo com o foco em atender cada vez mais com excelência os usuários. Toda a equipe de servidores da Arsam está preparada, treinada e pronta para resolver as demandas num curto prazo de tempo”. 

No início do ano de 2018, os profissionais da Arsam das áreas de engenharia, jurídica e técnica publicaram resoluções direcionadas ao transporte intermunicipal. O objetivo era assegurar aos usuários e prestadores que as normas sejam cumpridas conforme a publicação e não haja distorções do que foi determinado.

Resolução 002/2018 – CERCON/ARSAM

Considerando os direitos dos idosos, das gestantes e das pessoas com deficiência, determinou-se que as empresas prestadoras do serviço regular de passageiros coloquem banheiros internos nos ônibus, nas viagens com trechos superiores a 45km; ou que incluam em seus trajetos paradas obrigatórias de forma a proporcionar aos usuários o conforto necessário em longos percursos.

Resolução 004/2018 – CERCON/ARSAM

Considerando o avanço da idade média da frota dos prestadores de serviços de táxi, no que dizer respeito a esse modal de transporte; resolve que a idade máxima permitida para os veículos, a partir da data de sua aquisição, comprovada pelo respectivo Certificado de Registro do Veículo – CRV, é de 10 (dez) anos para automóveis e camionetas; 15 (quinze) anos para ônibus e micro-ônibus.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.