Publicidade
Manaus
ELEIÇÕES

Pré-candidato à Presidência pelo PRB, Flávio Rocha cumpre agenda política em Manaus

Ex-CEO das Lojas Richauelo falou que se os “xiitas” travam a economia forem banidos, a Zona Franca de Manaus pode voltar a ser atrativa 10/05/2018 às 14:18 - Atualizado em 10/05/2018 às 14:23
Show 98
Foto: Winnetou Almeida
Náis Campos Manaus (AM)

O empresário Flávio Rocha, ex-presidente das Lojas Richauelo e pré-candidato à presidência da República pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB), cumpriu nesta quinta-feira (10), em Manaus, agenda política com visita à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). No local, ele foi sabatinado por representantes do comércio local.

Em entrevista à imprensa local, Rocha classificou o nome dele para a disputa ao Planalto como “o desconhecido” que tem a seu favor o gigantesco vazio político brasileiro, imerso em uma onda de criminalidade e de atos de corrupção.

O republicano não deu a fórmula para que a Zona Franca de Manaus volte a ser atrativa para os investidores, mas afirmou que se os “xiitas” que travam a economia forem banidos, não apenas o Amazonas, mas todo o país viverá tempos de riquezas e prosperidade.

Falando aos empresários, Flávio Rocha pregou a liberdade econômica para a ampliação do varejo e a geração de emprego. “Sou o 15º maior empregador do país e não admito que a indústria represente apenas 11% do Produto Interno Bruto (PIB) quando o esperado é, no mínimo, 20%”, disse.

O ex-CEO das Lojas Riachuelo afirmou também que é preciso fazer o Brasil voltar a receber investimentos. “Temos que nos tornar receptivos e devolver o país ao jogo do investimento e colocar o dinheiro de volta no bolso do brasileiro”, destacou.

Publicidade
Publicidade