Sábado, 06 de Junho de 2020
SERVIÇO

Precisa emitir documentos ou regularizar veículo? Saiba quais serviços funcionam em Manaus

Em tempos de coronavírus, saiba como proceder para emitir a segunda via do Registro Geral (RG) e o Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou ter acesso aos serviços do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-Am)



DIVULGA__O_habilita__o_C799C614-E02A-43C0-9D06-C9BBD1A0A42B.jpg Foto: Reprodução
06/05/2020 às 17:46

O isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19) ocasionou em Manaus, assim como no resto do mundo, o fechamento de estabelecimentos para coibir aglomerações e frear a disseminação do vírus.

No entanto, existem situações imprevisíveis como a perda de documentos importantes. Em tempos de coronavírus, como proceder para emitir a segunda via do Registro Geral (RG) ou o Cadastro de Pessoa Física (CPF)? E ter acesso aos serviços do Departamento Estadual de Trânsito (Detran)?



De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), as emissões de segunda via do RG, realizadas pelo Instituto de Identificação Aderson Conceição de Melo, localizado na Avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus, estão suspensas em razão da pandemia.

“Os atendimentos emergenciais estão sendo feitos pela Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Sejusc)”, infomou a SSP, por meio de nota enviada por e-mail.

A Sejusc disponibiliza os números (92) 99377-2327, 99263-9786 e 99145-2221 para agendamento daqueles que desejam emitir pela segunda vez o documento. A pasta possui o número (92) 98484-2147 para agendamento, por meio do aplicativo de mensagem instantânea, o WhatsApp.

Segundo informe da Sejusc, a emissão está sendo realizadas, mediante comprovante, apenas para casos de extrema necessidade, como por exemplo, o recebimento do auxílio emergencial de R$ 600, viabilizado pelo Governo Federal, e demais benefícios sociais.

Detran pela internet

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) informou nesta quarta-feira (6), por meio de nota, que o licenciamento de veículo, o emplacamento de novos veículos e a emissão de taxas estão funcionando por meio de plataforma digital.

“O usuário precisa fazer um cadastro, realizar a emissão e pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veiculos Automotores (IPVA) e das taxas. No caso das taxas, como só podem ser pagas no banco Bradesco, os correntistas de outras instituições financeiras devem seguir os passos contidos no link”, informou o Detran.

Emissão, renovação e pagamento

Sobre a emissão de documentos, o Detran informou que estão sendo emitidos, por meio do site, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo Eletrônico (CRLV) e, em casos de extravio, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

“Somente em casos de extrema urgência, desde que comprovada, está sendo feito a expedição do documento físico”, informou o departamento.

Por deliberação do Conselho Nacional de Trânsito (Cotran), estão suspensas novas emissões e renovações de CNH.  O cidadão pode também emitir a habilitação, por meio do CNH digital, basta baixar o app homônimo, disponível na loja de aplicativos do celular.

“O prazo para finalizar o processo de primeira habilitação foi ampliado de um ano, para um ano e seis meses. Quem extraviou o documento pode utilizar a CNH digital. Mas isso só para documentos expedidos a partir de 2017 que possuem QR Code”, pontuou o Detran.

O pagamento do IPVA é de responsabilidade da Secretária de Fazenda do Amazonas (Sefaz) e, segundo informou o Detran, ele pode ser pago em qualquer banco, uma vez que a pasta manteve os prazos para pagamentos.

“Para dúvidas e informações o Detran possui diversos canais de comunicação, entre eles o chatbot via whatsapp pelo número (92) 99471-4085 com as respostas da principais dúvidas dos usuários e direcionamento deles para um atendente. Ainda temos dois portais de serviços para pessoa física e pessoa jurídica”, destou o órgão.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.