Publicidade
Manaus
zona centro-sul

Prédio abandonado é usado para sessões de selfies e encontros de estudantes

Segundo relatos de pessoas que trabalham no entorno do prédio, na avenida Darcy Vargas, na Chapada, estudantes, moradores de rua e usuários de droga costumam frequentar o local. Os jovens se arriscam na cobertura para tirar selfies 01/08/2016 às 15:44 - Atualizado em 01/08/2016 às 15:48
Show pr dio valendo
Estudantes da Escola Estadual Eunice Serrano Telles de Souza foram flagrados saindo do prédio abandonado. Fotos: Nickson Maciel/Rafael Seixas
Rafael Seixas Manaus (AM)

Cinco estudantes da Escola Estadual Eunice Serrano Telles de Souza foram flagrados, no início da tarde desta segunda–feira (1°), saindo de um prédio abandonado na avenida Darcy Vargas, no bairro Chapada, na Zona Centro-Sul de Manaus. Segundo relatos de pessoas que trabalham no entorno, além de estudantes, moradores de rua e usuários de droga costumam frequentar o local.

Formado por quatro meninas e um menino, o grupo saiu do imóvel por volta do meio-dia. Mas, desde as 9h, já era possível ver alguns dos adolescentes na cobertura. Além deles, a reportagem registrou um jovem fumando na varanda do prédio, mas sem nenhum tipo de fardamento escolar.

“Sempre presenciei estudantes e também universitários da UEA [Universidade do Estado do Amazonas], daqui do lado, entrando para fumar e beber. De tarde entram com bebidas, com mulheres ou para fazer sexo ou selfies lá em cima. A gente vê mais o pessoal fumando, acho que um beckzinho [cigarro de droga], e fazendo orgia”, declarou o agente de portaria James de Abreu, 42, que trabalha há três anos próximo ao prédio.


A reportagem registrou um jovem fumando na varanda do imóvel abandonado/ Foto: Nickson Maciel

Ainda de acordo com ele, policiais militares costumam fazer verificações, mas ainda não é o suficiente para inibir que pessoas entrem no local. Em volta do imóvel não há tapumes que possam impedir a entrada.  

“Tem um rapaz que é morador de rua, que dorme aí, e quem não conhece vai dar de cara com ele. Não se sabe se é bandido ou perigoso. Aqui tem entrada por todo lado. Se a pessoa continuar seguindo por ali tem como sair próximo ao Millennium Shopping”, acrescentou.

A agente de portaria Silmara Paula, 24, declarou que muitos estudantes costumam entrar para fazer selfies, mas, mesmo assim, não diminui o perigo que existe no local.  “Eles vem tirar foto e conversar, mas é perigoso e alguns ficam na varanda e no último andar. Não sei ao certo o que fazem lá”, disse.

O estudante Maikon Guedes, 20, que passa com frequência na Darcy Vargas, também costuma ver pessoas adentrando o local. “Sempre vejo gente entrando, mas não sei para fazer o quê”, afirmou.

Em nota, a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) informou apenas que, nesta segunda-feira (1º), os estudantes da escola estadual Eunice Serrano Telles de Souza, situada no Centro de Manaus, foram liberados por falta de energia na unidade de ensino. De acordo com a direção da escola, a Eletrobrás Amazonas já foi acionada para solucionar o problema. A Seduc explicou ainda que as aulas devem voltar a sua normalidade nesta terça-feira, dia 2 de agosto. 

Publicidade
Publicidade