Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019
Cotidiano,Urbanização,Centro Histórico,Prefeitura de Manaus

Prefeito de Manaus comenta soluções para os problemas da cidade

Centro histórico de Manaus será uma das primeiras áreas da capital amazonense a receber trabalhos de revitalização, de acordo com Artur Neto



1.jpg Limpeza pública, revisão do projeto de galerias, entre outros fazem parte das ações emergenciais no Centro de Manaus
05/01/2013 às 16:45

Uma semana antes da posse, A CRÍTICA publicou a última reportagem da série “Raio-X da cidade”, chamando a atenção para alguns dos temas mais críticos de Manaus que a nova administração municipal iria enfrentar.

Neste domingo (6), o jornal traz as principais resoluções apontadas pela equipe do prefeito Artur Neto, que assumiu na última semana, para problemas como Centro, camelôs e iluminação pública.

Destes, o Centro foi o ponto de partida, tendo em vista a criação de uma secretaria extraordinária para tratar o gargalo.

A reestruturação do Centro deverá começar com a limpeza de lixo acumulado nas vias públicas e com a extinção de bares que funcionam clandestinamente, os chamados “inferninhos”. Além disso, a prefeitura prevê o recapeamento de urgência das vias, que deverá ser executado em conjunto com um projeto de mapeamento das galerias de esgotos.

O projeto de reestruturação do Centro ganhou força no segundo dia de trabalho da nova administração quando, embaixo de chuva, Artur Neto reuniu dezenas de lojistas, camelôs e catadores de material reciclável, próximo ao Relógio Municipal.

Publicamente o secretário de Limpeza Pública, Paulo Farias, foi autorizado a fornecer aos trabalhadores, carros coletores de lixo de boa qualidade para que também sirva como ornamento na paisagem urbana.

*A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.