Domingo, 22 de Setembro de 2019
Manaus

Prefeito de Manaus faz balanço de viagem a Brasília

Artur visitou quatro ministérios e teve conferência com outros três ministros que estavam fora de Brasília



1.jpg Prefeito de Manaus, Artur Neto
06/03/2013 às 18:41

O prefeito de Manaus Artur Neto considerou produtiva a viagem de três dias que fez a Brasília, para apresentar projetos que visam a captação de recursos para investimentos na capital do Amazonas.

“Houve várias reuniões muito proveitosas, que vão gerar bons frutos, como obras, programas e investimentos em Educação, por exemplo”, declarou o prefeito, minutos antes de retornar para Manaus, na noite desta quarta-feira.

Artur visitou quatro ministérios e teve conferência com outros três ministros que estavam fora de Brasília. Entre os pontos destacados pelo prefeito estão a aquisição de cinco ônibus escolares para o transporte de estudantes da zona rural de Manaus, acerto de investimentos na mobilidade e recuperação das principais calçadas e vias da cidade, a aceleração da negociação da dívida da Manausprev e o desembaraço do processo do convênio de transferência do terminal pesqueiro para a gestão municipal.

“Sempre que apresentamos os nossos projetos, somos muito bem recebidos pelos ministros e gestores federais porque apresentamos projetos reais, efetivos e com valores justos. Isso até os assusta. Não apresentamos nada exagerado, só o que é realmente possível e executável”, disse o prefeito.

O prefeito também comentou que a Prefeitura de Manaus está virando uma fábrica de projetos. “Estamos apresentando vários projetos e sempre que os apresentamos eles são bem aceitos e tramitam rápido, porque são tecnicamente bem feitos. Vamos investir cada mais nesses projetos, transformando as secretarias em uma fábrica de projetos em busca de recursos para Manaus”, complementou.

Com informações da assessoria.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.