Publicidade
Manaus
INFLUENZA

Prefeitura corre contra o tempo para alcançar a meta de vacinação contra a gripe

Faltando três dias para encerrar a campanha, 119,8 mil pessoas ainda precisam ser imunizadas contra a Influenza 24/05/2017 às 05:00
Show portal 4
Policlínia Castelo Branco teve alta na procura pela vacina. Foto: Euzivaldo Queiroz
Alik Menezes Manaus (AM)

A três dias para o fim do prazo da campanha de vacinação contra Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) promete intensificar ações para tentar chegar próximo da meta nacional. Segundo dados da Semsa, até a segunda-feira (22) apenas 70,57% do público alvo havia sido vacinadas. O percentual equivale a 287.427 mil pessoas e a meta da secretaria é, no mínimo, vacinar 90% do público alvo, que inclui crianças menores de cinco anos, gestantes, idosos e professores. 

Para tentar atingir a meta no prazo determinado pelo Ministério da Saúde, a Susam informou que há Unidades Básicas de Saúde (UBS's) atendendo em horário regular, mas também há 10 unidades que estão funcionando com horário estendido até as 21h, com o objetivo de atender parte da população que não consegue se deslocar a uma das unidades durante o dia.

Segundo a Semsa, além das unidades físicas nos bairros, há também ações itinerantes, quando agentes de saúde são deslocadas para áreas da cidade onde há um grande número de pessoas para receberem a imunização. Apesar do prazo encerrando na sexta-feira, a Semsa informou que costuma ultrapassar as metas atingindo quase todas as pessoas que fazem parte do público-alvo da campanha nacional contra a Influenza.

Neste ano, a Semsa informou, que o público total é de 407.316 mil pessoas, sendo 64.214 mil crianças a partir de 6 meses a menores de 2 anos, 99.100 mil crianças de 2 a 4 anos, além de 52.344 mil pessoas que trabalham na área da saúde, 32.107 mil gestantes, 550 indígenas, 111.669 mil idosos e 42 mil pessoas portadoras de comorbidade. 

Procura aumenta 

Nesta terça-feira (22), o fluxo de pessoas indo em busca da vacinação contra a Influenza aumentou consideravelmente na Policlínica Castelo Branco, localizada na rua do Comércio,  Parque 10 de Novembro,  Zona Centro-Sul da cidade. 

Apesar de ter sido vacinado contra a Influenza pela primeira vez, ontem, o aposentado João Rodrigues Aleixo, 66, afirmou que é importante que todas as pessoas irem às unidades se vacinarem. “A gente chegou numa idade que não pode vacilar, tem que ir ao médico e tomar todas as vacinas. Era para ter sido vacinado ano passado, mas tive um problema no coração e passei por cirurgias”, contou o aposentado. 

Mesmo “odiando” agulhas, a aposentada Maria do Carmo da Silva, 68, foi cedo à policlínica  para se submeter à vacina. “Estou numa idade que a prevenção é o melhor remédio, vim logo cedo para me livrar de uma vez dessa agualhada”. 

Número: 119.889 é a quantidade de pessoas que  ainda precisavam ser vacinadas, até ontem, para que a meta seja atingida em Manaus. O prazo dado pelo SUS encerra na sexta-feira. 

Gripe ou Influenza?

A Influenza, comumente conhecida como gripe, é uma doença viral febril, aguda, geralmente benigna e autolimitada. A vacina contra a doença protege contra os subtipos do vírus A/H1N1, A/H3N2 e Influenza B. O efeito preventivo começa a partir do 15º dia após a dose da vacina. 
 

Publicidade
Publicidade