Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeitura de Manaus ainda prepara plano de mobilidade para cidade e cita obras realizadas

A Prefeitura de Manaus acredita que tem desenvolvido um amplo programa de melhoria da mobilidade urbana na capital amazonense 26/09/2015 às 19:02
Show 1
Renovação e requalificação da pavimentação das vias está entre ações citadas pela Prefeitura de Manaus
Silane souza Manaus (AM)

A Prefeitura de Manaus acredita que tem desenvolvido um amplo programa de melhoria da mobilidade urbana na capital amazonense. Dentre estes, o poder municipal destaca a requalificação de passeios, a implantação da primeira ciclovia, no Boulevard Álvaro Maia, estabelecimento de ciclofaixas, a reforma de terminais de integração de ônibus, paradas e terminais de bairros, a renovação e requalificação da pavimentação das vias, e a renovação, requalificação e ampliação da sinalização viária (Demarcação Horizontal, Placas e Semáforos).

A prefeitura cita também a política de restrição de circulação de veículos pesados nas principais ruas do Centro e nas avenidas Djalma Batista e Constantino Nery, os principais corredores viários de Manaus. O último ponto citado é a implantação do estacionamento rotativo batizado de Zona Azul, que deverá entrar em funcionamento até o final deste ano e abrir quae três mil vagas de estacionamento em vias públicas da cidade.

De acordo com o Instituto Municipal de Fiscalização e Engenharia de Trânsito (Manaustrans), além das ações que estão em plena implantação, diversos projetos viários foram desenvolvidos, outros estão em desenvolvimento, todos integrados no Plano de Mobilidade que está em fase final de elaboração. “Com a consolidação e inclusão das propostas advindas das audiências públicas, o documento final foi elaborado e passa por discussão entre as equipes da consultoria contratada e técnicos da prefeitura”, disse.

O maior desafio neste momento é a falta de recursos para a implementação das obras, das medidas e dos sistemas necessários à solução, na mesma velocidade em que os problemas se apresentam. “Os problemas herdados pelo crescimento rápido e descontrolado são muito grandes para serem tratados todos ao mesmo tempo, sendo necessário tempo e continuidade de ações para saneá-los, ao mesmo tempo em que planejamento e controle devem ser eficazes para não permitir que outros problemas apareçam ou proliferem”, concluiu o Manaustrans em nota.

Publicidade
Publicidade