Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeitura de Manaus inaugura UBS no conjunto Viver Melhor

Localizada no bairro Santa Etelvina, UBS do conjunto Viver Melhor oferece serviços de distribuição de medicamentos, aferição da pressão arterial, atendimento odontológico e controle da glicemia, entre outros 29/09/2014 às 15:38
Show 1
Com o conjunto Viver Melhor, já são cerca 90 mil pessoas que precisam de assistência em saúde naquela região
acritica.com ---

Moradores do conjunto habitacional Viver Melhor, no bairro Santa Etelvina, Zona Norte da capital, agora têm à disposição uma Unidade Básica de Saúde (UBS), que foi inaugurada nesta segunda-feira (22), pela Prefeitura de Manaus. A unidade foi construída e equipada pelo Governo do Estado e entregue, por meio de doação, à prefeitura.

A UBS oferece serviços de distribuição de medicamentos, aferição da pressão arterial, atendimento odontológico, promoção e prevenção à saúde, consultas, Bolsa Família e Leite do Meu Filho. Também são realizados atendimentos para controle da glicemia, coleta de exames laboratoriais básicos, curativos, imunização e nebulização.

A unidade, chamada UBS José Figliuolo, tem capacidade para atender até 18 mil pessoas por mês e conta com uma equipe de três médicos, dois enfermeiros, dois cirurgiões dentistas, farmacêutico, assistente em Saúde Bucal, técnico de enfermagem, técnico de patologia e assistente administrativo. As informações são da assessoria da Prefeitura de Manaus.

Conforme a assessoria, esta foi a quinta UBS inaugurada no bairro Santa Etelvina, Zona Norte, ampliando de 44,7% para 66,16% a cobertura da Atenção Básica naquela região. O prefeito de Manaus, Arthur Neto, explicou que a meta é, até o final de 2016, cobrir 100% da população assistida com a Atenção Básica.

“Serão mais cinco UBSs como essa, mais completa e com serviços ampliados, entregues no ano que vem, além da reforma de outras 40 unidades”, disse o secretário Municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão. Conforme a prefeitura, com o Viver Melhor, já são cerca 90 mil pessoas que precisam de assistência em saúde naquela região

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade