Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Manaus

Prefeitura de Manaus promove campanha de vacinação de animais no fim de semana

Neste sábado (14), equipes da Semsa estarão à disposição nos postos do CCZ pela cidade; etapa de visitas terminou com mais de 200 mil animais imunizados


12/12/2013 às 13:24

As pessoas que possuem animais de estimação em Manaus estão sendo convocadas pela Prefeitura a levar os animais para a imunização contra a raiva.

Com o fim da etapa de visitas residenciais pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), já foram vacinados 201.646 cães e gatos, mas a meta, estipulada pelo Ministério da Saúde (MS) é chegar a 204.302. Por isso, as equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) estarão à disposição dos donos para proteger contra a raiva o animal que ainda não recebeu a vacina, com postos volantes nos Distritos de Saúde da Semsa e no próprio CCZ, neste sábado, 14, das 8h às 12h.

As equipes de vacinadores do CCZ iniciaram a vacinação no dia 29 de outubro em todos os cães e gatos de todas as zonas da cidade de Manaus. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, a Semsa pretende vacinar 155.823 cães e 48.479 gatos somente na zona urbana. “Iremos ultrapassar a meta porque  estamos vacinando também na zona rural e deveremos chegar a 210 mil animais protegidos contra a raiva em Manaus.

“Apesar de as equipes terem ido a todos os bairros, muitas pessoas não estavam em casa para que pudéssemos vacinar os animas. Agora, esses donos podem procurar os distritos e o CCZ”, ressaltou.

A campanha foi executada por 120 equipes de vacinadores, que visitaram cada residência para vacinar os animais. “Os vacinadores estiveram identificados com a camisa e o colete de vacinador, e a população colaborou com as equipes na contenção dos animais no momento da vacina”, disse Evandro Melo, lembrando que podem ser vacinados animais com mais de três meses de vida e que não estejam doentes.

Raiva
A raiva é uma doença grave causada por vírus do gênero Lyssavirus que ataca o sistema nervoso (cérebro, medula espinhal e nervos) dos mamíferos. O vírus é temporariamente eliminado principalmente pela saliva do animal doente e, geralmente, é transmitido quando o animal infectado morde, arranha profundamente ou lambe a pele lesionada de outro animal ou pessoa.

Os sintomas da raiva podem demorar a aparecer, mas quando o vírus atinge o sistema nervoso do animal, este pode apresentar os seguintes sinais, de forma progressiva e rápida: mudança brusca de comportamento (inquietação, andar sem rumo, agressividade e isolamento); cães e gatos apresentam “tiques”, como se estivessem mordendo o ar; salivação abundante; dificuldades para engolir; fotofobia (aversão à luz); mudanças nos hábitos alimentares; e paralisia das patas traseiras.

Depois do início dos sintomas, os mamíferos normalmente adoecem e morrem, em média, em 10 dias. Por ser uma doença que pode ser transmitida dos animais para os seres humanos e por apresentar letalidade em 100% dos casos, a raiva é uma zoonose de grande importância na saúde pública.

Locais de vacinação
DISTRITO DE SAÚDE NORTE: Avenida Noel Nutels, nº 12, Cidade Nova I

DISTRITO DE SAÚDE LESTE – Rua das Rosas, s/nº, Jorge Teixeira I Etapa

DISTRITO DE SAÚDE SUL – Rua Nicolau da Silva, nº 54, São Francisco

CENTRO DE ZOONOSES – Avenida Brasil, s/nº, Compensa I (próximo à Feira Coberta e à sede da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana e Saneamento Público – Semulsp)

* Com informações da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa)

publicidade
publicidade
Crianças vacinadas contra H1N1 no Amazonas precisam tomar a 2ª dose
Comerciante faz comedouro e bebedouro para animais de rua em Manaus
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.