Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeitura de Manaus reutilizará árvores e decoração natalina para ornamentação do próximo Natal

Neste sábado (10), agentes municipais retiraram itens decorativos do Complexo Turístico Ponta Negra e do Mercado Municipal Adolpho Lisboa. Objetivo é guardar peças artísticas para Natal de 2015 10/01/2015 às 19:12
Show 1
Decoração artística não será jogada no lixo, e sim preservada
ACRITICA.COM Manaus (AM)

A Prefeitura de Manaus fez a retirada da árvore de Natal e da ornamentação natalina ao redor do Mercado Municipal Adolpho Lisboa, no Centro de Manaus, e também recolheu itens menores como painéis decorativos e casinhas de papai Noel da decoração que ficava no Complexo Turístico Ponta Negra, na Zona Oeste, neste sábado (10).

As ações foram promovidas pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh). Segundo a prefeitura, o objetivo é reutilizar materiais decorativos na ornamentação do próximo Natal. “Essas árvores, sendo guardadas e conservadas, vão ser reutilizadas em outras áreas no próximo Natal”, disse o artista plástico, Juarez Lima

De acordo com Leopoldo Montenegro, assessor da Semasdh, este serviço de retirada e armazenamento dos itens natalinos teve início sexta-feira (8) com a retirada das árvores do Amarelinho, Colônia Oliveira Machado e Parque do Idoso. “Começamos ontem e continuaremos com a retirada total das árvores até segunda-feira”, explicou.


Segundo Montenegro, ainda faltam retirar ornamentações da rotatória do Produtor, na Zona Leste da cidade. De acordo com ele, os materiais retirados serão armazenados em um galpão na avenida do Turismo, onde ficarão guardados e preservados para serem reaproveitados no próximo Natal, de 2014.

O artista plástico Juarez Lima é o responsável pela criação das árvores natalinas da Ponta Negra e rotatória do Produtor. Ele acompanhou o desmanche das peças e ressaltou a importância em preservar o material. “Para nós artistas é muito bom saber que nossas obras de arte não serão jogadas no lixo e sim guardadas e preservadas, como deve ser uma obra artística”, ressalta.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade