Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Manaus

Prefeitura identifica 1.451 casas em áreas de alto risco de desmoronamento em Manaus

O Mauazinho foi o primeiro bairro a ser visitado por equipes de reconhecimento das áreas de risco feitos pela Defesa Civil Municipal; Durante as visitas, as pessoas são informadas sobre os riscos de se morar em áreas de risco



1.jpg Na comunidade 11 de maio, também na Zona Leste, o risco de desmoronamento existe, mas famílias continuam no local
05/08/2013 às 07:20

Parte da residência da dona de casa Rocicleide de Lima, 38, está interditada por conta de rachaduras. Os buracos nas paredes e na laje da residência são fruto dos constantes desmoronamentos no barranco onde a casa foi construída. A residência da família Lima é uma das 1.451 casas detectadas em janeiro pela Defesa Civil Municipal como em “alto risco” de desmoronamento em Manaus.

Outras nove pessoas moram na casa de Rocicleide. Entre elas a nora, grávida de nove meses, e que deve dar à luz ao neto dela nesta segunda-feira (5). Quando o pequeno garoto chegar à casa, vai encontrar a área de serviço e o banheiro social fechados, por conta do risco de desmoronamento.

A casa de Rocicleide é um dos 934 imóveis em área de alto risco localizado na Zona Leste, área com maior índice de casas com risco de desabamento. A residência, que fica na rua Jayth Chavez, no bairro Mauazinho, foi uma das condenadas pela Defesa Civil Municipal e que permanece sendo utilizada.

“Eles vieram aqui e nos notificaram. Mas como podemos sair daqui sem dinheiro? A casa não é nossa, pertence ao dono da empresa do meu marido e ele disse que ia ajeitar. Isso já aconteceu faz alguns anos e até agora nada. Quando chove nós rezamos”, disse a dona de casa.

Fé na mudança
No bairro Colônia Antônio Aleixo, dezenas de moradores das comunidades Bairro da Fé 1 e 2 aguardam um posicionamento da prefeitura. Entre os mais ansiosos está a pequena Clara, de 5 anos, que hoje é impossibilitada de brincar no quintal de casa por morar próximo a um barranco.

“Moro aqui há um ano e nunca ninguém da prefeitura veio aqui. Quando chove a casa toda treme e ficamos nervosos. A nossa primeira idéia é salvar as crianças, mas vamos levá-los para onde? O jeito é rezar para esperar”, disse a mãe de Clara, Ana Nunes, 18, que tem outro filho de um ano e oito meses.

A casa de Ana Nunes faz parte de mais um grupo de residências de madeiras construídas em barrancos escorregadios. Para ter acesso a essas residências é necessário descer por escadas improvisadas, feitas com restos de madeira.

Medo
Morando em uma casa de madeira, que fica entre dois barrancos, Ediana de Souza, 20, teme pela vida dos dois filhos. “Queremos sair daqui, mas é muito caro. Não tenho outras opções e quando chove corremos o risco de morrer soterrados. Temo pelos meus filhos, mas rezo por eles todas as noites”, disse.

Os moradores da comunidade afirmam que já fizeram vários abaixo-assinados pedindo a urbanização do local, na tentativa de minimizar os riscos de deslizamentos dos barrancos, mas até hoje não tiveram respostas da defesa civil municipal sobre a demanda.

Reconhecimento é feito pela prefeitura
O Mauazinho foi o primeiro bairro a ser visitado por equipes de reconhecimento das áreas de risco feitos pela Defesa Civil Municipal; Durante as visitas, as pessoas são informadas sobre os riscos de se morar em áreas de risco;

As pessoas que, por algum motivo, não podem sair das suas casas, recebem orientação sobre as ações a serem tomadas em casos de emergência;

Três Núcleos de Proteção e Defesa Civil (Nupdec) foram criados para capacitar voluntários para atuar em situações de risco;

Os voluntários irão informar, organizar e preparar a comunidade local para minimizar os desastres causados por desastres naturais;

Voluntários
De acordo com informações da Defesa Civil municipal, a expectativa é que outros dois Núcleos de Proteção e Defesa Civil (Nupdec) sejam implantados na cidade até setembro deste ano. Os núcleos foram criados para capacitar moradores voluntários para atuar em situações de risco nas comunidades.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.