Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeitura lança programa para fornecer sete refeições ao dia nas escolas municipais

O objetivo do programa é estimular bons hábitos alimentares e o desenvolvimento, educação e a saúde em todos os alunos da rede municipal de ensino. Com a implantação deste programa, a Semed passa a disponibilizar sete refeições diárias 08/03/2013 às 17:43
Show 1
Prefeito Artur e o secretário Pauderney Avelino visitam escola e provam a merenda escolar que será servida aos alunos da rede pública municipal de ensino
acritica.com Manaus

A Prefeitura de Manaus deu início, nesta sexta-feira (8), ao Programa Alimentar nas 492 unidades de ensino as quais possuem cerca de 200 mil alunos. O projeto será coordenado pela  Secretaria Municipal de Educação (Semed) e possibilitará o fornecimento de sete refeições ao dia nas instituições de ensino. O recurso que será aplicado no programa este ano totaliza R$ 24 milhões, oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao MEC.

Durante evento de lançamento do Programa de Vacinação Gratuita contra o HPV, de competência do Governo do Estado, o prefeito Artur Neto (PSDB), falou sobre o programa, cujo objetivo é estimular bons hábitos alimentares e o desenvolvimento, educação e a saúde em todos os alunos da rede municipal de ensino. Com a implantação deste programa, a Semed passa a disponibilizar sete refeições diárias, sendo a primeira no café da manhã, antes dos alunos começarem a estudar, outra no intervalo, com frutas e, em seguida, o almoço para os alunos que estiverem saindo do período da manhã.


Os alunos do turno vespertino começarão com um almoço, no intervalo receberão frutas e na hora da saída ganharão um lanche. Para encerrar a programação diária de refeições, os alunos terão direito a um jantar seguido de sobremesa. 

“Esse programa vai beneficiar muitas famílias, inclusive a minha. Eu estou desempregada há seis meses e fico tranquila em saber que meus filhos terão uma alimentação completa na escola. Fico despreocupada quanto á isso”, disse Francisca Nelma, mãe de três alunos da Escola Municipal Firme na Fé, no Alvorada.

O Secretário de Educação, Pauderney Avelino diz que a Semed viverá novos tempos. “Iniciamos o ano letivo sob o signo da mudança, uma mudança de conceitos. Essas ações são a espinha dorsal de nossa gestão e com elas iremos reduzir o vergonhoso percentual de evasão escolar", afirma.


Parcerias

O programa contará com a parceria de instituições de ensino superior, como o  Centro Universitário do Norte, que fornecerá alunos do curso de nutrição com objetivo de propor um trabalho de educação alimentar e mudanças de hábitos aos pais e discentes, por meio de palestras e encontros educativos. 

Outra proposta referente a este programa é introduzir alimentos produzidos e cultivados por agricultores credenciados na Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) ao cardápio da merenda escolar da Semed. Os produtos são variados e se dividem em frutas, vegetais, carnes brancas e vermelhas. Só ADS, por intermédio dos seus agricultores credenciados, disponibilizará 27 itens da nossa região.

A maior parte dos alimentos que fará parte do cardápio virá dos municípios do interior do Estado. Com isso, a proposta da Prefeitura de Manaus é estimular a alimentação diversificada e saudável que temos na região e também, a valorização e, sobretudo, o acúmulo de recursos financeiros aos pequenos produtores, agroindústrias e cooperativas que existem em todo o Estado.

“A proposta é muito boa, a educação e a qualidade de vida agradecem. Nós, da ADS, faremos o possível para ajudar nesta nova meta que, tanto a Semed quanto a prefeitura, estão propondo. A ideia é boa, pois além de viabilizar segurança na entrega vai influenciar o aumento da economia local”, disse o Chefe do Departamento de Agronegócios, Marco Petillo. 

Com informações da assessoria.

Publicidade
Publicidade