Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeitura monta pontos de orientação no Centro sobre circulação de carretas

Os motoristas estão sendo informados de que a infração passa a valer após o período de orientação 26/03/2013 às 17:11
Show 1
Ação contou com panfletagem orientando os motoristas de caminhões e carretas
acritica.com* Manaus (AM)

Durante o primeiro dia de vigência do Decreto Municipal que restringe a circulação de veículos pesados no centro, a Prefeitura de Manaus montou seis postos de orientação nos principais acessos a área central. Os pontos de bloqueio estão sinalizados com cones e tem a presença de agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), que distribuem panfletos com o mapa e informações sobre a Zona Máxima de Restrição de Circulação que está em vigor.

Os locais de orientação estão situados na rua  Luiz Antony, entre Leonardo Malcher e Ramos Ferreira; na rua  Ramos Ferreira entre Emílio Moreira e R. Major Gabriel; rua Leonardo Malcher entre R. Major Gabriel e Av. Joaquim Nabuco; rua Quintino Bocaiúva entre R. Isabel e Av. Joaquim Nabuco; rua Comendador Clementino entre Japurá e Tapajós; e rua Rio Branco c/ R. 5 de Setembro (São Raimundo).

Os postos estarão montados por 15 dias, conforme determina o prazo estabelecido no Decreto para realizar a ação educacional e de orientação entre motoristas,lojistas e o público em geral. Doze agentes de trânsito, no total, estão atuando no horário das sete da manhã às cinco da tarde.

De acordo com o diretor de Operações de Trânsito do Manaustrans, coronel Raimundo Encarnação, os motoristas tem demonstrado consciência  sobre a medida. “Eles pedem o panfleto e se mostram dispostos a colaborar com a Prefeitura para que o trânsito do centro tenha menos retenção. Acreditamos que após a fase de orientação, poucos motoristas vão infringir as normas”.

Os motoristas estão sendo informados de que a infração passa a valer após o período de orientação. A multa para quem infringe o artigo 187, inciso I, do Código de Trânsito Brasileiro (“Transitar em local/horário não permitido pela regulamentação”), é de R$ 85,13 e mais quatro pontos da habilitação.

Determinadas ruas do centro serão divididas para o trânsito de carretas com o peso máximo de 16 e 18 toneladas.

Avenida e ruas permitidas para o trânsito de caminhões com até 18 toneladas.

Avenidas Leonardo Malcher, Floriano Peixoto, Sete de Setembro e Joaquim Nabuco; ruas Luiz Antony, Governador Vitório, Tamandaré, Marquês de Santa Cruz

Avenida e ruas permitidas para o trânsito de caminhões com até 16 toneladas.

Ruas Marquês de Santa Cruz, Quintino Bocaiúva, rua dos Andradas, avenidas Lourenço da Silva Braga (trecho da Manaus Moderna), Joaquim Nabuco (trecho entre Rua dos Andradas e Rua Quintino Bocaiúva) e Floriano Peixoto.


*Com informações de assessoria (Manaustrans)

Publicidade
Publicidade