Publicidade
Manaus
VEGETAÇÃO

Prefeitura poda árvores da Estrada da Ponta Negra e deixa galhos espalhados na via

Resto de árvores foram deixados no meio da pista após serviço, causando riscos de acidentes para motoristas. Prefeitura afirma que galhos serão recolhidos 03/11/2017 às 18:26
Show arvore
Foto: Raine Luiz/Reprodução
Oswaldo Neto Manaus (AM)

Uma simples podagem de árvores realizada pela Prefeitura de Manaus nesta sexta-feira (3) na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus, deixou condutores e pedestres apreensivos. Isso porque boa parte da vegetação foi deixada espalhada na via, aumentando o risco de acidentes no local.

Os galhos são de árvores plantadas em frente ao Shopping Ponta Negra. Pelo menos 20 delas tiveram seus galhos retirados pela prefeitura, mas ao invés de recolhidos, eles continuavam no local até a tarde desta sexta. Boa parte dos resíduos ocupava até metade de uma faixa, atrapalhando condutores.

Um mototaxista que trabalha nas proximidades do shopping, que não quis ser identificado, informou que o serviço da prefeitura iniciou nesta sexta-feira. O motivo da podagem seria para evitar a quebra de árvores com o impacto de veículos grandes como caminhões, ônibus e carretas, que trafegam na via diariamente.

À reportagem, ele disse que o resto deixado no local prejudica os motoristas. “É um risco, não é? Pra nós não tanto que usamos moto, mas pra quem usa carro, é perigoso, porque a pessoa teria que mudar de faixa de última hora. No horário de pico então, nem se fala. Aqui também tem muitos ‘rachas’... Os veículos andam em alta velocidade. Isso pode causar algo grave”, disse ele.

O autônomo José Alves, de 48 anos, também criticou o trabalho executado. “É um perigo. O risco de acidentes é grande deixando esses galhos. Vão esperar acontecer algo grave pra tirar?”, questionou.

A lojista Soraia Martins, 31, se assustou com a quantidade de árvores deixada na pista. Ela diz concordar com o serviço de podagem da prefeitura, contudo, espera que a vegetação seja retirada do local. “É perigoso. Além de tudo, fica feio deixar isso aí”, comentou a lojista.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) informou que o trabalho executado consistiu no manejo de levantamento de copa e poda de equilíbrio das árvores existentes na rua. O procedimento, disse o órgão, tem caráter preventivo e de segurança.

“As árvores do local se encontravam com as copas frondosas e muito baixas, o que vinha causando confronto com os ônibus que circulam naquela área. As colisões causam cicatrizes prejudiciais às árvores”, explicou o órgão em nota.

De acordo com a Divisão de Corte e Poda da Semmas, a coleta dos resíduos seria feita ainda nesta sexta-feira pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp).

Publicidade
Publicidade