Publicidade
Manaus
só em 2016

Prefeitura retira 52 toneladas de lixo das áreas dos igarapés tratados pelo Prosamim

A população residente em áreas do Prosamim gerou 3,4 mil toneladas de resíduos domiciliares no período de janeiro a março deste ano 18/04/2016 às 19:56
Show e501fca7 c63e 42de b785 d6463b432140
A limpeza também inclui manutenção das praças ao redor das áreas (Karla Vieira)
acritica.com* Manaus (AM)

Os serviços públicos de limpeza da Prefeitura de Manaus já retiraram, de janeiro a março deste ano, 52 toneladas de lixo de áreas localizadas dentro do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). Desde o início do ano, cerca de 15 áreas receberam equipes da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp).

Nesta segunda-feira, 18, os Prosamins das ruas Ursa Maior, localizada no Santo Agostinho (Zona Oeste) e Plínio Coelho (Compensa II) receberam, novamente, mais de 50 funcionários da Semulsp, que, desde a semana passada, fazem serviços de capinação, varrição, retirada de lixo e limpeza de igarapés. A limpeza também inclui manutenção das praças ao redor das áreas.

As ações de limpeza duram, em média quatro dias, em cada local atendido. A moradora Raimunda da Costa acompanhou a limpeza na rua Plínio Coelho e torce para que os outros moradores mantenham o local limpo. “Se as pessoas pararem de deixar lixo jogado, tenho certeza que a situação dessa área vai melhorar bastante. Não adianta a Prefeitura limpar e povo continuar a sujar”, argumentou.

O secretário municipal de Limpeza Urbana, Paulo Farias, afirmou que essas áreas recebem grande atenção do município por estarem localizadas, em sua maioria, próximas aos igarapés. “É muito importante lidar bem com essas comunidades que ficam nas imediações de igarapés. Além de limparmos as áreas, contamos ainda com equipes de conscientização da população”, disse.

A população residente em áreas do Prosamim gerou 3,4 mil toneladas de resíduos domiciliares no período de janeiro a março deste ano. A Prefeitura mantém seis rotas de coleta domiciliar nos locais.

*Com informações da Semcom

Publicidade
Publicidade