Domingo, 19 de Maio de 2019
TORQUATO TAPAJÓS

Prefeitura volta atrás e diz que vai reformar passarela que desabou parcialmente

Em fevereiro, prefeito Arthur Neto havia declarado que estrutura seria removida do local. Engenheiros constataram não existir a necessidade de demolição



show_passarela_8B3FF1B7-0C84-4582-B414-00CE8B2A9E59.JPG
Foto: Divulgação
26/03/2019 às 14:45

A Prefeitura de Manaus voltou atrás e não vai mais remover a passarela da avenida Torquato Tapajós, Zona Centro-Oeste, onde a escadaria desabou parcialmente em fevereiro deste ano. Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), engenheiros chegaram à conclusão de não haver necessidade de demolição.

Conforme o órgão, a queda da escadaria se deu pelo transbordamento do igarapé dos Franceses, que não teria espaço devido às construções irregulares. “O local já recebeu a expansão do leito do Igarapé dando a vazão correta das águas, a contenção do muro de arrimo que evita possíveis deslizamentos”, informou a Seminf.

Ainda conforme a secretaria, as construções já foram demolidas e os responsáveis autuados e multados. Ontem (25), a Seminf iniciou a fundição para os novos estaqueamentos que darão um reforço estrutural ao equipamento.

“Com novos ‘pés’ e escadas reforçadas, a passarela irá suprir a necessidade do local e terá total segurança. Como a época é de fortes chuvas, é prematuro dar um prazo para a conclusão do serviço, mas, segundo o secretário da Seminf, Kelton Aguiar, as equipes estão empenhadas em concluir o trabalho no menor tempo possível”.

Desabamento

Parte da escadaria da passarela desabou em decorrência da forte chuva que atingiu Manaus no dia 13 de fevereiro. . O incidente ocorreu nas proximidades do Clube Municipal e não deixou vítimas.

Na ocasião, o prefeito de Manaus, Arthur Neto, havia declarado que a passarela seria retirada do local, pois foi construída em área inapropriada.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.