Publicidade
Manaus
FORAGIDO

Suspeito preso no interior assume participação em morte de PM, diz delegado

José Cleidson Wecker Rodrigues, conhecido como "Menor do Chapa", foi preso em Novo Aripuanã, no início da noite desta sexta-feira (2) 03/06/2017 às 11:48 - Atualizado em 03/06/2017 às 11:54
Show foragido08888
(Foto: Antonio Lima)
Silane Souza Manaus

Escoltado por policiais, José Cleidson Wecker Rodrigues, conhecido como "Menor do Chapa", suspeito de envolvimento na morta do soldado da Polícia Militar, Paulo Sérgio Portilho, desembarcou na manhã deste sábado (3), no Aeroclube de Manaus, Flores, Zona Centro-Sul. Ele foi preso em Novo Aripuanã (a 1.373 quilômetros de Manaus), no início da noite desta sexta-feira (2).

De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Juan Valério, “Menor do Chapa” foi levado para ser interrogado na DEHS e terá sua versão confrontada com as dos outros envolvidos presos. “Já posso adiantar que ele assume a participação nesse crime e indica as ações que foram feitas, que só vem comprovar todo levantamento que estamos fazendo ao longo da semana”, revelou.

Tanto “Menor do Chapa” quanto Renata Lima da Silva, 30, que se apresentou na tarde desta sexta-feira (02), na sede DEHS, serão apresentados na próxima segunda-feira (05), numa coletiva de imprensa na própria Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros. “Vamos outivá-lo no fim de semana e teremos mais detalhes para passar na segunda, bem como os detalhes dos procedimentos também”, afirmou.

“Menor do Chapa” foi preso dentro de uma embarcação que seguia para Novo Aripuanã. A prisão foi feita antes de o barco chegar à cidade.“A Polícia Militar de Novo Aripuanã montou patrulha fluvial e ficou nas margens do rio aguardando a passagem do barco. Quando ele chegou os policias adentraram na embarcação ainda em movimento e sem que ninguém percebesse e conseguiram pegar o indivíduo em cima do barco. Juntamente com ele, apreendemos uma porção de aproximadamente um quilo de droga”, destacou o delegado, que também disse que o suspeito  será encaminhando para o sistema prisional na segunda-feira mas ainda não se sabe para qual unidade.

Juan Valério enfatizou que a polícia está 24 na busca dos demais foragidos. “Com a entrega da Renata e a prisão do ‘Menor do Chapa’ ainda restam seis foragidos”, disse.

Publicidade
Publicidade