Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019
Manaus

Preso o principal suspeito de assaltar e matar dono de joalheria

Dione Silva Souza estava em um grupo de cinco pessoas que foi preso no bairro São Jorge



1.jpg Dione da Silva Souza foi identificado como o autor do disparo que matou o empresário
13/03/2013 às 22:06

Policiais da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) prenderam na noite desta quarta-feira (05), um grupo de cinco pessoas no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus. Um deles é Dione Silva Souza, um dos  principais suspeitos de ter matado na última terça-feira (12), o dono de uma joalheria localizada no Centro de Manaus, após assalto. Eles serão apresentados à imprensa nesta quinta-feira (14).

Na manhã desta quarta-feira (13), o Delegado Titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), Orlando Amaral, divulgou as imagens do circuito interno da joalheria Naturella Pedras Preciosas, localizada na rua 10 de Julho, Centro de Manaus, onde aconteceu o crime.



O vídeo mostra a ação de dois homens que invadiram a joalheria para roubar e um deles atirou na cabeça de Marcelo Catta Preta Chaves, 44, dono da loja, que reagiu ao assalto. Alguns funcionários da loja teriam reconhecido o homem, que é um dos 42 foragidos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim, no dia 2 de março.

Assalto

O empresário Marcelo Chaves, 44, foi baleado, durante assalto a sua loja de pedras preciosas. Várias peças teriam sido levadas do estabelecimento, mas o valor exato do roubo, a polícia não soube precisar.

Marcelo foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e levado para o Pronto Socorro 28 de Agosto, no bairro Adrianópolis, na Zona Centro-Sul de Manaus, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.