Publicidade
Manaus
PENITENCIÁRIAS

‘Preso tem que entender que quem manda é o Estado’, diz novo secretário da Seap

Tenente-Coronel Cleitman Coelho, que assumiu a Administração Penitenciária do Estado, afirmou que seu comando será marcado pela disciplina 13/01/2017 às 13:39 - Atualizado em 13/01/2017 às 14:28
Show img0017360622
Cleitman Coelho afirmou que a Vidal Pessoa é hoje o principal problema do sistema penitenciário (Foto: Arquivo AC)
Joana Queiroz Manaus (AM)

O tenente-coronel Cleitman Coelho, que assumiu a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) após a exoneração do policial federal Pedro Florêncio, afirmou que seu comando será marcado pela disciplina.

"Preso é preso e tem que entender que quem manda é o Estado", afirmou Cleitman, em entrevista por telefone. O  oficial da PM, que era responsável pelo Comando de Policiamento Especializado, afirmou que não teme assumir a secretaria em um momento de crise.

O sistema penitenciário do Amazonas foi palco de 64 mortes entre 1º e 8 de janeiro, em três presídios diferentes. Destas mortes, 56 delas foram registradas no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, naquele que foi o maior massacre em presídios brasileiros desde o Carandiru, em 1992, em São Paulo.  "É nos momentos mais difíceis que se faz um bom trabalho", afirmou Cleitman Coelho.

De acordo com o tenente-coronel, o convite partiu do governador José Melo e foi prontamente aceito. "O governador é nosso comandante. Ele chamou e eu aceitei".

Cleitman afirmou que o principal problema do sistema penitenciário hoje é a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, que foi reativada para tentar dar mais segurança a presos ameaçados. No entanto, quatro já morreram no local no último fim de semana. Segundo ele, a cadeia "vive em convulsão" e precisa de uma solução imediata.

Ele ressaltou também que pretende mudar a prisão do regime semiaberto de local. Hoje, ela funciona no mesmo local que o Compaj, dividida apenas por um muro. A intenção de Cleitman é construir uma grande muralha no local para reforçar a divisão, antes de viabilizar uma eventual mudança.  

Publicidade
Publicidade