Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019
Manaus

Prevenção à violência nas escolas da SSP-AM já alcançou 18,3 mil alunos de Manaus

Alunos de 31 escolas municipais e estaduais receberam orientações sobre exploração sexual, prática de bullying, malefícios do uso de drogas e violência doméstica



1.jpg O secretário destaca que o programa tem caráter preventivo por abordar temas ainda considerados tabus, mas também age na repressão de crimes nos arredores das escolas
06/02/2014 às 11:07

O programa Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades, coordenado pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), alcançou em 2013, 18.389 alunos da rede pública de ensino com ações de prevenção à violência. Neste ano, o programa será implantado na zona Leste da capital.

 Desde julho, quando o programa foi iniciado na zona Sul de Manaus, até dezembro, os alunos de 31 escolas municipais e estaduais receberam orientações sobre exploração sexual, prática de bullying, malefícios do uso de drogas, violência doméstica e sexual, tráfico de pessoas, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e outros temas relacionados.



 Para o secretário de Segurança Pública, coronel PM Paulo Roberto Vital, por meio do programa, o órgão tem cumprido seu papel de atuar na prevenção da violência. “Com essas ações e debates sobre a violência dentro das escolas, estamos conscientizando esses jovens sobre os crimes que eles podem ser aliciados”, disse;  

 Ele destaca que o programa tem caráter preventivo por abordar temas ainda considerados tabus, mas também age na repressão de crimes nos arredores das escolas de todas as zonas de Manaus.

Segundo o secretário, as ações repressivas do programa resultaram na prisão de 33 pessoas e na apreensão de 12 adolescentes suspeitos de envolvimento em crimes nas proximidades de escolas.

Do total de prisões, a maioria (56%) ocorreu na zona Sul, seguida pelas zonas Norte (31%), Leste (8%) e Oeste (5%). “A maior parte dos crimes está relacionada ao de tráfico de drogas e depois furto. Em alguns casos, a Força-Tarefa conseguiu tirar de circulação pessoas que aliciavam os estudantes para o tráfico”, disse Vital.

Segundo o coordenador do Programa, o secretário-executivo-adjunto da SSP, delegado Francisco Sobrinho, até o final de março as atividade devem ser finalizadas em mais quatro escolas e que na ocasião haverá um balanço dos trabalhos na zona Sul de Manaus.

Além das palestras e reuniões de orientação com pais, alunos e professores a equipe do programa também tem atividade de cidadania de expedição de carteiras de identidade, de manhã e à tarde. Em 2013, ele ressalta que foram expedidas 1.123 carteiras de identidade. “Vale destaca que os programas sociais do Sistema de Segurança e órgãos do governo, como o Previne, Pró-Vida, Proerd, Formando Cidadão e Ame a Vida, da Seas, estão atuando integrados dentro do Caravana da Cidadania”, disse.

*Com informações da SSP


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.