Publicidade
Manaus
ALERTA

Prevenção ao suicídio é tema de campanha neste domingo no Centro de Manaus

Ato é promovido pelo grupo de voluntários espíritas.Stands temáticos serão montados para atender o público que visitar a Feira da Eduardo Ribeiro 29/04/2017 às 11:10
Show hannah
Série '13 reasons Why' trata sobre suicídio e ajudou a colocar o tema em discussão (Foto: Reprodução)
acritica.com Manaus (AM)

A prevenção ao suicídio será tema da campanha ‘Ato em Defesa da Vida’, que acontece neste domingo (30), de 9h às 12h30, na Feira de Artesanato da Avenida Eduardo Ribeiro, Centro de Manaus. O ato é promovido pelo grupo de voluntários espíritas.

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Psiquiatria, a cada 40 segundos, uma pessoa comete suicídio no mundo. A questão é considerada, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como um problema de saúde pública. A OMS alerta para o crescimento dos registros em países de média e baixa renda. No Brasil, em 2012, foram registrados 11.821 casos, colocando o país em 8º lugar entre as nações em número absoluto de suicídios.

Apesar das estatísticas, o suicídio foi por muito tempo tratado como um tabu. O silêncio, no entanto, foi recentemente quebrado em função do registro, em diferentes estados brasileiros, de casos de suicídios entre jovens que teriam participado do jogo Baleia Azul, no qual os participantes são submetidos a uma série de desafios que culminam com a proposta de que tirem a própria vida. A tentativa de suicídios e a morte prematura des jovens que aderiram ao jogo vem chamando a atenção não só de pais, mas de toda a sociedade para a prevenção do suicídio.

Ajuda profissional e informação são aliados importantes na prevenção. De acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), cerca de 90% dos casos de suicídio poderiam ser evitados se as pessoas que pensam nessa prática ou as que vivem ao redor delas tivessem esclarecimentos sobre o assunto.

 “A primeira coisa que precisa ser rompida é o preconceito com a doença mental ou o transtorno psíquico. Muitas pessoas deixam de procurar ajuda por medo de serem chamadas de loucas ou de terem sua dor desprezada”, explica o médico psiquiatra Luiz Henrique Novaes.

Caminhada Pela Vida

Além da prevenção ao suicídio, o ‘Ato em Defesa da Vida’ também irá abordar outros temas, como aborto, drogas, eutanásia e pena de morte. Stands temáticos serão montados para atender o público que visitar o local, com a entrega de material informativo.

Cerca de 300 voluntários participarão do evento, que também terá apresentações artísticas e a ‘Caminhada Pela Vida e Pela Paz, encerrando as atividades.

Um dos coordenadores do ‘Ato em Defesa da Vida’, o médico César Borges, destaca a importância de debater os cinco temas que integram a programação do evento pelo impacto que ocasionam na sociedade.

“Consideramos imporante sair das nossas zonas de conforto para nos posicionarmos em favor da vida em todas as suas esferas. Sem desrespeito e sem agressões, queremos defender a bandeira da vida e a importância de adoções, para a busca de um mundo com pessoas melhores, de condutas ensinadas no evangelho de Jesus. O mundo passa por um período de acesso a muita informação e tecnologias, mas sofre de crises morais que só serão sanadas a partir do amor ao próximo, do respeito à vida”, afirmou.

O que: Ato Em Defesa da Vida

Quando: domingo, 30 de abril, de 9h às 12:30

Onde: Feira de artesanato da Avenida Eduardo Ribeiro

Publicidade
Publicidade