Sexta-feira, 15 de Novembro de 2019
Manaus

Primeira edição do projeto 'Virada Sustentável' acontece em Manaus neste fim de semana

São 24 horas de atividades ligadas ao meio ambiente, tais como caminhadas sustentáveis, oficinas para crianças, tiro com arco, exibição de filmes seguidos por cine debate, yoga, festival de música e técnicas de reutilização de resíduos



1.jpg A abertura do evento ocorreu quinta-feira (23) no Teatro Amazonas e no Largo de São Sebastião com shows de jazz e música popular amazonense
25/07/2015 às 09:12

Prossegue hoje, com final programado para amanhã, a primeira edição da Virada Sustentável Manaus, evento nos moldes da Virada Cultural da cidade de São Paulo, realizado por uma empresa paulista, em parceria com a Fundação Amazonas Sustentável (FAS).

São 24 horas de atividades ligadas ao meio ambiente, tais como caminhadas sustentáveis, oficinas para crianças, tiro com arco, exibição de filmes seguidos por cine debate, yoga, festival de música e técnicas de reutilização de resíduos.



A iniciativa tem por objetivo ampliar a informação sobre sustentabilidade para a população a partir de uma abordagem positiva.

Estão sendo usados cerca de 15 espaços públicos de diferentes zonas de Manaus, dentre eles o Largo São Sebastião, os parques Jefferson Peres, Rio Negro e do Mindu, o Museu da Amazônia, o Centro de Esportes e Lazer (CEL) da Redenção, centros de Convivência da Família.

Mais de mil pessoas estiveram na abertura, na noite de quinta-feira (23) no Teatro Amazonas. Os shows da Amazonas Jazz Band e da cantora Márcia Nôvo abriram as mais de 100 atividades propostas pela iniciativa, que acontece pela primeira vez em Manaus.

À frente da iniciativa estão o superintendente-geral da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Virgílio Viana, e o idealizador da Virada Sustentável, André Palhano. As organizações que integram e co-criaram o movimento constituem o Conselho Criativo.

São elas: Global Shapers Manaus, Movimento Ficha Verde, Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (Idesam), RP Manaus, Fotoclube Lentes da Amazônia, Ingages, Manaus Ambiental, Studio Caboco, Caboquês Ilustrado, Yoga Manaus, ONG TransformAÇÃO, Escoteiros do Brasil no Amazonas, Amazon Sat, Pedala Manaus, Banksia Filmes e Projeto Socioambiental Meu Ambiente.

O evento conta com patrocínio da Coca-Cola Brasil e Banco Bradesco, além de apoio Governo do Estado do Amazonas, por Meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), TAM Linhas Aéreas e Manaus Ambiental, e colaboração da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Mais de 400 pessoas se ofereceram para trabalhar voluntariamente na organização do evento. Elas participaram de uma triagem e de dinâmicas coletivas de integração.

Desafios para uma cidade mais humana

A segunda atividade da Virada Sustentável de Manaus aconteceu ontem com a edição do “Papo Sustentável”, evento que trouxe especialistas de várias partes do Brasil para debater com a sociedade manauara os desafios para uma cidade mais humana.

O encontro ocorreu às 19h no Auditório Lidia Parisotto, sede da Fundação, rua Álvaro Braga, 351, Parque 10 de Novembro, Zona Centro-Sul de Manaus.

O papo teve como tema “Cidades Sustentáveis: desafios e soluções”, e teve a participarão do idealizador da Virada Sustentável de São Paulo, André Palhano, do gerente sênior de sustentabilidade da Coca-Cola Brasil, Luiz André Soares, do presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional Sustentável da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), deputado Luiz Castro, do diretor-geral da Green Building Council Brasil, Felipe Faria, e do editor da Revista Ecológico, Hiram Firmino.

“Estamos muito felizes e orgulhosos com a chegada da Virada em Manaus. É um lindo e inspirador evento. O Amazonas está sentindo a união e a força desse evento, é muito mágico ver as coisas acontecendo na prática”, declarou Mariana Amaral, co-fundadora da Virada Sustentável em São Paulo, que veio prestigiar a edição amazonense do evento.

“A Virada é uma plataforma, uma oportunidade de diferentes grupos da sociedade civil e instituições se envolverem com o tema do desenvolvimento sustentável, e de refletirem sobre o que se pode fazer para contribuir para uma cidade mais saudável e mais feliz”, destaca Virgílio Viana, superintendente geral da FAS, uma das instituições co-realizadoras da iniciativa.

Pontos Principais atividades de hoje

*CEL Redenção (8h) = Troca de lixo reciclável por alimentos;

*Parque do Mindu (8h) = Caminhada Sustentável; Dinâmica pedagógica; Coleta de resíduos sólidos; Yoga e Palhaço;

*FAS, no Parque 10 (9h às 16h) = Graffiti; Parque do Mindu (9h) = Degustação do Café Apuí; Debate; Escoteiro por um dia; exposição de material reciclado e de fotografia;

*Largo de São Sebastião (9h) = Oficina de Fotografia & e de produção de vídeos; Instruções sobre fotos com celular; Turismo e Artesanato;

*Palacete Provincial (9h) = Grito Cultural e Roda de Conversa; Exposição de fotos;

*CEL Redenção (8h) = Rodas de conversa sobre Saúde e Meio Ambiente;

*Quadra do Eldorado (9h) = Ginástica;

*Museu da Amazônia (9h) = Trilha Interpretativa e Oficina de Arte na floresta;

*Praça da Polícia (9h) = Oficina de teatro e bonecos de sucata; Artesanato; Exposição e oficina de arte em revista;

*Tarumã (9h) = Visita à pousada Uarumã;

*Oca do Conhecimento (9h) = Cine-debate Sauim de Coleira; Intervenções Poéticas; Exposição de Graffite; Música;

*Parque Jefferson Péres (14h) = Quadro Interativo;*Praça da Polícia (16h) = Oficina de Hortaliças para crianças;

*Centro de Convivência da Aparecida (16h) = Exposição de vídeo caseiro;

*Largo São Sebastião (18h) = Shows musicais;


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.