Publicidade
Manaus
Manaus

Procon Amazonas realiza fiscalização em academias e estabelecimentos comerciais

O trabalho de fiscalização foi feito em parceria com o  Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região (CREF8) para verificar denúncias feitas de funcionamento irregular de alguns desses estabelecimentos 23/09/2015 às 17:39
Show 1
Na segunda-feira o Procon Amazonas realizou uma fiscalização em três academias de Manaus, apenas uma foi interditada
acritica.com Manaus (AM)

Dando continuidade aos trabalhos de fiscalização de cumprimento ao que estabelece o Código de Defesa do Consumidor ( Lei  n° 8.078), a equipe de fiscalização do Procon Amazonas esteve na noite de segunda-feira (21) de setembro, visitando academias que funcionam em Manaus.

O trabalho de fiscalização foi feito em parceria com o  Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região (CREF8) para verificar denúncias feitas de funcionamento irregular de alguns desses estabelecimentos.

Durante a fiscalização foram constatadas irregularidades como a não identificação de saídas de emergência, a não existência de alvará para funcionamento e a não existência de extintor em uma academia localizada no Parque das Laranjeiras dentro de uma faculdade particular. Por conta dos problemas identificados pela fiscalização, a academia foi notificada para se adequar.

Na rua Diagonal, bairro da Betânia, uma academia precisou ser interditada. O Procon Amazonas e o CREF8 contaram com ajuda policial para realizar a interdição. A terceira academia visitada não apresentou nenhuma irregularidade.

Já na manhã de terça-feira (22) a equipe de fiscalização do Procon Amazonas deu continuidade a uma ação iniciada no mês de junho deste ano abrangendo shoppings das zonas norte e leste da cidade.

Na fiscalização de terça-feira, o órgão de defesa do consumidor visitou um shopping localizado na avenida Noel Nutels, bairro Cidade Nova. No estabelecimento comercial, os fiscais verificaram que havia a precificação nas vitrines conforme preconiza o CDC ( Código de Defesa do Consumidor), mas não havia o número do Procon Amazonas ( 0800 092 15 12), no padrão estabelecido pela Lei  nº 1.442 de 2010.

Na ação de terça-feira, 15 lojas foram fiscalizadas; duas estavam sem precificação na vitrine; nove estavam sem a placa 0800 do Disk Procon e apenas uma estava sem o exemplar do CDC exposto. Nesta quarta-feira, (23) o Procon Amazonas segue com a fiscalização nos shoppings da zona norte da capital.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade