Publicidade
Manaus
Manaus

Professor acusado de aliciar alunas em escolas de idiomas é preso pela polícia em Manaus

Ele estava foragido desde o dia 27 de maio, quando o então juiz plantonista Henrique Veiga, expediu um mandado pedindo a prisão de Rodrigo 05/08/2015 às 14:54
Show 1
Professor foi denunciado por funcionários da própria escola onde trabalhava
fábio oliveira ---

O professor de língua inglesa Rodrigo Mouta de Souza, 25, foi preso no conjunto do Prosamim do bairro de São Raimundo. Ele estava foragido desde o dia 27 de maio, quando o então juiz plantonista Henrique Veiga, expediu um mandado pedindo a prisão de Rodrigo.

Rodrigo é acusado de estupro de vulnerável pela Polícia Civil. Ele teria aliciado estudantes entre 8 e 10 anos dentro de uma escola de idiomas localizada no Parque 10, onde ele trabalhava. As informações são da delegada titular da Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Linda Gláucia, que investigou o caso.

No dia 25 de maio, Rodrigo havia sido indiciado pela PC. Na época, o docente foi denunciado por uma funcionária do estabelecimento de ensino por aliciar estudantes entre 8 e 10 anos de idade. Na época, o professor foi detido por policiais militares da 23ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), quando chegava à escola para assinar sua demissão e levado à Depca onde foi indiciado.

Monstruosidade

Segundo informações do registro do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) da data, Rodrigo estava visivelmente embriagado no momento da abordagem. Com ele, ainda foi encontrado uma garrafinha de cachaça, mais conhecida como “Corote”.

 Como não foi preso em flagrante, o professor foi liberado ainda no mesmo dia e a delegada Linda Glaucia abriu um inquérito policial. Testemunhas disseram à Depca, que Rodrigo costumava tocar as alunas dentro da própria escola. Três vítimas do professor, todas entre 8 e 10 anos, chegaram a ser identificadas. O professor será apresentado à imprensa hoje.


Publicidade
Publicidade