Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Manaus

Professor é morto a facadas no Centro de Manaus

No local do crime, foram encontrados DVD’s de pornografia próximos ao corpo, rastros de sangue em várias partes do apartamento e a faca usada no crime



1.jpg De acordo com um dos vizinhos, Marquezanor era homossexual e estava com um rapaz no apartamento
08/01/2013 às 08:17

O corpo do professor Marquezanor David de Souza, de 52 anos, foi encontrado no apartamento dele, na manhã desta terça-feira (08). Um vizinho do professor estranhou a porta do apartamento estar aberta e viu marcas de sangue pelo local. Ele acionou a polícia.  O professor morava no edifício Jurandir Queiroz, apartamento 202, localizado  na rua Floriano Peixoto, no Centro, zona Sul. O professor foi encontrado morto a facadas, nu em cima da cama com um corte profundo na garganta.

De acordo com um dos vizinhos, Marquezanor era homossexual e estava com um rapaz no apartamento. Ele era considerado uma pessoa pacata e sem inimigos aparentes.


O Instituto Médico Legal (IML) esteve no local retirando o corpo e o Instituto de Criminalística (I.C) realizou o exame pericial e a coleta de materiais que ajudem a solucionar o crime. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso.

A vítima pertencia à diretoria da Agremiação Escola de Samba Vitória Régia. No local do crime, DVD’s de pornografia foram encontrados próximos ao corpo, rastros de sangue em várias partes do apartamento e a faca usada no crime foi abandonada pelo autor.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.