Publicidade
Manaus
Manaus

Professores da rede municipal irão repassar noções básicas de cidadania no trânsito em aulas

O projeto “Transversalizando o trânsito na educação infantil” vai beneficiar 45 mil alunos em Manaus 26/08/2015 às 21:05
Show 1
A iniciativa do projeto é resultado de uma parceria entre Semed e Manaustrans
oswaldo neto ---

Investindo em longo prazo na segurança do trânsito, a prefeitura irá preparar professores da rede municipal de ensino para repassar noções básicas a crianças da capital. Ao todo, segundo a Secretaria Municipal de Educação (Semed), mais de 45 mil alunos devem ser beneficiados por meio do programa “Transversalizando o trânsito na educação infantil”, que busca conscientizar os estudantes sobre o comportamento a ser adotado nas ruas.

O anúncio do projeto ocorreu na manhã de ontem no auditório da Semed e contou com a presença de autoridades como a Secretária Municipal de Educação, Kátia Schweickardt, e o diretor-presidente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans). Pedagogos e gestores de 254 escolas com educação infantil da capital foram convidados para a apresentação do projeto.

A iniciativa, segundo os secretários, é uma parceria entre os dois órgãos municipais. De acordo com a titular da Semed, Kátia Schweickardt, o “Transversalizando” é trabalhado nas escolas por meio de diversas vertentes como meio ambiente, violência e sexualidade. A partir da próxima semana, o tema a ser reforçado entre os educadores será o trânsito, onde serão distribuídos a eles kits e iniciadas oficinas promovidas pelo Departamento de Educação no Trânsito do Manaustrans. 

“Nós vamos ampliar esse projeto trabalhando essa temática transversalmente em todas as áreas do conhecimento, sobretudo os nossos principais descritores da aprendizagem que são a alfabetização e o ensino da matemática básica”, disse.

Gestora do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Magnólia Frota, localizado na avenida Atroaris, bairro Cidade Nova, Lorena Matos conhece bem a relação das crianças  com o trânsito intenso da área. “Vejo a iniciativa da Semed como um fator primordial para aquilo que a gente já desenvolve na escola. No nosso caso, temos uma faixa de pedestres  que não é respeitada e os alunos ficam indignados. Eles já têm essa consciência bem lúdica do que pode e não pode no trânsito”, disse a gestora do Cmei.

Para o diretor-presidente do Manaustrans, Paulo Henrique Martins, a iniciativa é uma aposta do poder público para diminuir os índices de mortes e ações de irresponsabilidade no trânsito.

“Quando chega numa fase adulta é difícil mudar o comportamento. A maior parte dos nossos problemas hoje é resultado de comportamento errado dos motoristas e pedestres. Esse programa vem para fornecer noções básicas, mas que darão grandes resultados, pois essas crianças serão pessoas educadas e terão suas vidas poupadas.   

Em números

254 escolas da rede municipal  de ensino estão inseridas no “Transversalizando o trânsito na educação infantil”. A Semed estima que 45 mil alunos de 3 a 5 anos de idade sejam beneficiados com noções básicas de trânsito levadas por professores.


Publicidade
Publicidade