Publicidade
Manaus
EDUCAÇÃO

Professores da rede municipal receberão gratificação paga com recursos do Fundeb

A medida contempla também pedagogos, gestores e administrativos de escolas da rede municipal 17/10/2018 às 22:19
Show professores 33e852b0 55d8 47ba a81e 1ed50dbedc1d
Foto: Reprodução/Internet
acritica.com Manaus (AM)

Mais de 12 mil servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), lotados nas escolas municipais, entre eles estão professores, pedagogos, gestores e administrativos receberão gratificação. A medida, segundo o prefeito Artur Neto, é em reconhecimento ao resultado positivo no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), e está publicada na primeira página do Diário Oficial do Município (DOM), edição 4.463, de terça-feira (16).

Voltada para os profissionais da educação que atuam em unidades escolares da rede municipal de ensino, a premiação será no valor de R$ 1,2 mil, para professores e pedagogos com carga horária de 20 horas; R$ 2,4 mil, para quem ocupa carga horária de 40 horas semanais; e R$ 600, para os administrativos. O abono será depositado na folha de pagamento de outubro.

“Além das inúmeras e merecidas homenagens aos nossos professores, a premiação é mais uma maneira de reconhecer e agradecer ao empenho desses profissionais que nos ajudaram a colocar Manaus entre as melhores quando o assunto é educação”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto, lembrando que a cidade ocupava a 21° posição e, neste ano, chegou ao 9° lugar, alcançando média prevista para 2021, segundo dados do Ministério da Educação (MEC).

A gratificação aos servidores da educação será paga, em parcela única, com o recurso do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Professores da Educação (Fundeb), no valor total de R$ 16 milhões.

Outros benefícios

A Prefeitura de Manaus informou que também pagará a mais de 13 mil servidores da educação progressões por tempo de serviço e titularidade, bem como reenquadramentos, que se somam as outras 9 mil progressões e reenquadramentos que já haviam sido pagas no final de 2017, beneficiando professores, pedagogos e administrativos. Essa ação é incorporada ao salário dos servidores, que também poderão levar para a aposentadoria.

Além disso, todos os servidores das unidades de ensino da rede, que alcançaram ou superaram a meta estabelecida pela Semed para o Ideb 2017, receberão o 14º e 15º salários. E, até o final de 2018, serão convocados mais 64 professores aprovados no concurso público realizado no início deste ano.

Publicidade
Publicidade