Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019
EDUCAÇÃO

Professores municipais prometem duas novas manifestações para este mês

Os educadores reivindicam o repasse do Fundo de Manutenção e desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb)



professores_123.JPG Foto: Francisco Tote/Divulgação
22/09/2017 às 12:49

Assembleia de professores que reuniu cerca de cinco mil pessoas em frente à Prefeitura de Manaus definiu uma nova paralisação para os dias 27 e 28 deste mês para reivindicar o repasse do Fundo de Manutenção e desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

No dia 27 a manifestação será na Câmara Municipal de Manaus (CMM) para pressionar os vereadores a abrirem uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) em relação aos recursos da rede pública municipal de educação.

A coordenação do movimento afirmou que o prefeito de Manaus chegou a fazer contato, mas que só atenderia a comissão outro dia e sem a mobilização da categoria.

A professora Gleice Oliveira assegurou que todas as instâncias serão acionadas, como o Ministério Público (MP-AM) e o Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) para investigar o destino do Fundeb.

Professora há 11 anos, Maria do Socorro Araújo contou que não há estruturas nas escolas. “Não tem nem papel higiênico para as crianças. Temos que tirar do nosso próprio bolso. Os R$ 50 repassados pela prefeitura com relação à progressão não valoriza o professor”, ressaltou.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.