Publicidade
Manaus
Manaus

Proibidos de circular pela Djalma e Constantino, caminhões 'migram' para outras avenidas

Por contas das restrições de tráfego, que finalmente entraram plenamente em vigor, motoristas de veículos pesados ‘migraram’ para avenidas Umberto Calderaro Filho e Mário Ypiranga 24/11/2014 às 21:55
Show 1
Caso o condutor circule nas vias com restrição em horário não permitido, ele pode pagar multa de R$ 85
Jéssica Vasconcelos Manaus (AM)

Depois de sete meses, a zona de restrição de veículos pesados na avenida Constantino Nery, Zona Centro-Sul, enfim, começou a ser respeitada pelos condutores.As infrações de motoristas que ignoravam as novas regras e transitavam pela via, antes corriqueiras, agora são raras.

Pelo menos, foi o que a nossa reportagem constatou durante a manhã desta segunda-feira (24), quando a fiscalização é mais intensa. Em um período de 40 minutos, apenas um veículo fora dos padrões estabelecidos para a avenida foi flagrado transitando pela via. 

Assim como acontece na Constantino Nery, os motoristas de veículos pesados que estavam acostumados a trafegar pela avenida Djalma Batista também passaram a respeitar a zona de restrição, que proíbe a circulação de veículos acima de 8 toneladas de peso bruto total (BPT) entre 6h e 9h e de 17h às 20h. Já os veículos com peso superior a 16 toneladas estão proibidos de circular das 9h às 17h.

Caso o condutor circule nas vias com restrição em horário não permitido, a prática é considerada infração média, com multa de R$ 85,13 e perda de 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

Migração

Com a proibição nas duas avenidas, parte dos veículos pesados passaram a utilizar como alternativa as  avenidas Umberto Calderaro Filho e Mário Ypiranga Monteiro, também na Zona Centro-Sul, onde o fluxo passou a ser mais intenso.

De acordo com o motorista Antonio Silva, 38, a presença de caminhões e carretas na avenida Mário Ypiranga Monteiro cresceu nos últimos meses, complicando o trânsito e aumentando o risco de acidentes envolvendo esses veículos para quem usa esses trajetos . “Acredito que houve uma transferência do problema que ficava na Djalma e Constantino para cá e isso precisa ser resolvido”, disse o motorista. Para ele, a melhor alternativa é estabelecer o horário da madrugada para as empresas que precisam fazer descarga de mercadoria atuarem.

Ampliação

De acordo com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), o estudo que permitirá ampliar a zona de restrição de veículos pesados para as avenidas Mário Ypiranga Monteiro e Umberto Calderaro Filho está em andamento, porém ainda não é possível estabelecer uma data para a implantação. Ainda de acordo com o Manaustrans, estudos apontam que, quando se diminui o fluxo de veículos maiores, a capacidade da via aumenta e, consequentemente, a velocidade média também.

Ordenamento

As medidas para disciplinar a circulação dos veículos pesados começaram a ser implantadas pelo Manaustrans desde o ano passado, com a criação da Zona Máxima de Restrição de Circulação em trechos de 11 ruas do Centro. Neste ano, as restrições foram implantadas nas avenidas Constantino Nery e Djalma Batista.

Publicidade
Publicidade