Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020
EDUCAÇÃO

Em Manaus, projeto ajuda jovens e adultos carentes a entrarem na universidade

Ao longo desses dois últimos anos, o projeto do Instituto 'Tchibum' atendeu cerca de 160 alunos e contou com a participação de 50 professores voluntários. Inscrições gratuitas seguem abertas até o preenchimento de todas as vagas



WhatsApp_Image_2020-01-16_at_20.59.07_0E42760E-52DD-42E9-8747-0B63CB40F6BB.jpeg Foto: Divulgação
17/01/2020 às 07:35

As salas de aula de uma universidade podem  parecer um sonho distante para algumas pessoas. Mas é justamente para diminuir essa distância que um grupo de voluntários se reune semanalmente em uma escola de Manaus.

São os membros do projeto Um passo para a Universidade, um dos braços do Instituto Tchibum, que há dois anos dão aulões pré-vestibular para jovens e adultos carentes, motivando-os a ingressar no Ensino Superior, além de motivá-los a continuarem trilhando o caminho da educação para transformar suas realidades.



Ao longo desses dois últimos anos, o projeto atendeu cerca de 160 alunos e contou com a participação de 50 professores voluntários, além da equipe de 5 voluntários do próprio Instituto Tchibum que coordena as atividades do projeto.

O grupo de professores é formado por profissionais de diversas áreas. É o caso da estudante finalista de Comunicação Social, Alessandra Taveira, que dá aulas de redação. Ela descreve a experiência como mágica.

“Senti que as crianças e os adolescentes que estão no ensino regular público, que foi por onde eu também passei na minha formação, precisam muito desse contato com quem já tá nas universidades. Eles estão ansiosos, sedentos por conhecimento”, afirma.

Criado em 2010 como uma rede de voluntários e formalizado como Instituto em 2019, o Tchibum tem a missão de desenvolver, agir e potencializar ações sociais para a contribuir com o desenvolvimento humano e social das instituições e comunidades carentes de Manaus.

Conviver com uma realidade diferente da sua mudou Alessandra. “Eu defendo muito essa coisa da partilha, da troca de informações entre as pessoas. Acredito que esse lance de ouvir o outro, trocar experiências com quem tá a nossas volta e com quem vive uma realidade diferente da nossa, é muito importante no processo educacional. Tanto é, que eu saí de lá sabendo que mais aprendi do que ensinei”.

Ao longo dos últimos anos, ex-alunos do projeto conquistaram seus objetivos por meio do Enem, como, por exemplo, Malcolm Francis, 28, que garantiu uma vaga no curso de Ciências Biológicas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR), campus de Boa Vista, devido as dicas e o reforço adquirido no Um passo para a Universidade.

O projeto abriu inscrições para alunos e voluntários. Para quem pretende estudar, as inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet e seguem abertas até o preenchimento das 80.

As inscrições para voluntários també ocorrem pela internet e seguem abertas até o dia 31 de janeiro. Para se inscrever, é preciso ter 18 anos ou mais; disponibilidade aos sábados pela manhã; e estar cursando ou ter cursado graduação em área correlata à disciplina de sua escolha.

O início das aulas está previsto para o dia 29 de fevereiro e é pedido apenas a contribuição de 1 kg de alimento não perecível por aluno. As doações serão destinadas a uma instituição carente.


Mais de Acritica.com

20 Fev
WhatsApp_Image_2020-02-20_at_10.28.33_4AA06F86-13D9-4DFA-B021-B55C4DB3CD24.jpeg

Empreendedores aderem ao 'Food Bike’ para driblar a crise financeira

20/02/2020 às 10:38

“Tínhamos outro negócio, encomendávamos doces, e as pessoas de última hora, nos deixavam na mão, foi aí que comecei a aprender a fazer doces, brigadeiros, e como o investimento em bike food é relativamente barato, preferimos este modelo a uma loja física”, explica Sátya Ardaia


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.