Publicidade
Manaus
SOLIDARIEDADE ANIMAL

Projeto leva comida e assistência veterinária para animais de rua em Manaus

Perda recente de três cãezinhos fez estudante de veterinária criar ação que pretende levar comida a animais 13/11/2018 às 01:16 - Atualizado em 13/11/2018 às 08:03
Show panel o 08a53baa f3fc 4a9c 9ab8 d5ea78af2480
Suzana Lanza e alguns produtos que ela vende para arrecadar dinheiro pro projeto. Foto: Divulgação
Karol Rocha Manaus (AM)

Após a perda recente de seus três cães de estimação, a estudante de veterinária Suzana Lanza de 23 anos, percebeu a vontade de multiplicar o seu amor e dividi-lo com outros animais. Ela desenvolve há um mês o projeto “Panelão do Amor”. O que a jovem pretende é sair pelos bairros de Manaus ofertando comida, carinho e ajuda médica aos cachorros e gatos de rua.

“Na minha casa eu tinha sete cachorros, os mais velhos foram ficando doentes e esse ano, eu perdi três deles, o último faleceu tem pouco tempo. Durante esse período que eles estiveram doentes, eu tive que mudar a alimentação deles totalmente, tive que cessar a ração e comecei a fazer uma comida diferenciada; como faço veterinária, isso ficaria mais fácil”, conta.

Com a ideia de amenizar a sua própria dor, ela ouviu um conselho que fez a diferença na hora de pensar em começar o projeto. “Quando eles se foram, ficou aquele vazio. Como estava sem saber o que fazer, um amigo me questionou: ‘Por que você não aproveita seus conhecimentos e experiência para alimentar os cachorros de rua?’. Foi a partir daí que eu comecei a pensar no assunto”, complementa. O projeto que ela sonha em tirar do papel é em homenagem à Kiki, Dolly e Bob, seus animais falecidos.

A jovem ainda não tem a data certa para ir às ruas, mas ela espera que no final deste mês possa garantir a alimentação. “Penso no último dia desse mês. Ainda não temos locais certos mas um desses pontos em que queremos desenvolver a ação é no cemitério que fica no bairro Tarumã, lá temos o conhecimento de que há muitos animais”.

Suzana Lanza ressalta, ainda, o porquê de oferecer aos animais de rua comida ao invés de ração. “Muitos animais não foram acostumados a comerem ração, eles cheiram e não sentem vontade de comer. Mas a comida que nós vamos proporcionar é um alimento limpo, cozido sem nenhum tipo de conservantes”, disse ela, acrescentando sobre o atendimento veterinário.

“Infelizmente, não vamos ter como resgatar todos os animais de rua, mas os que estiverem nas piores condições nós vamos oferecer acompanhamento veterinário. A veterinária vai com a gente e irá observar, avaliar o animal e, se ele estiver bem debilitado, vamos resgatar”, diz.

Apoio de todos

Para que o projeto de Suzana Lanza crie asas, ou melhor, vá às ruas. Ela precisa de materiais para a preparação do alimento e com isso, ela conta com o apoio da prima, Sukie Lanza. “A minha prima faz uns biscoitos, e eu pedi a ela que fizesse no formato de patinha. Peguei 50 biscoitos com ela e comecei a oferecer às pessoas. Ao invés de ficar pedindo dinheiro delas, nós vendemos os biscoitos e com o dinheiro arrecadado compraremos o material para fazer a comida, que é carne, frango, dentre outros”, explica.

Ela também vai precisar de voluntários que estejam dispostos a ajudar. “Temos 18 pessoas, dentre tias e amigos, mas gostaríamos muito que as pessoas se disponibilizassem”, conta.

Cada biscoito, em formato de patinha é do tamanho da palma da mão, custa R$ 4. As vendas acontecem através do contato: (92) 98408-8868 ou Instagram: @panela.do.amor. “Os biscoitos são feitos de glacê real, sem conservantes. Quem quiser nos ajudar podem nos procurar nas redes sociais, que marcamos a entrega. É uma troca, o homem consome os biscoitos e ajuda um animal de rua”, finaliza.

Publicidade
Publicidade