Publicidade
Manaus
Manaus

Projeto de Lei implanta rotas especiais para deficientes

De acordo com o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2010, Manaus tem, aproximadamente, 231 mil pessoas portadoras de deficiência física 12/07/2013 às 08:47
Show 1
Vereador Ednailson Rozenha é o autor do projeto
acritica.comn Manaus (AM)

O vice-líder do prefeito na Câmara Municipal de Manaus, vereador Ednailson Rozenha (PSDB), irá apresentar, na próxima segunda-feira (15), um Projeto de Lei que prevê a criação de rotas especiais nos sistema de transporte coletivo para atender pessoas com dificuldades de locomoção causadas por algum tipo de deficiência física.

A demanda é uma reivindicação de membros de entidades que representam os direitos dos portadores de necessidades especiais em Manaus. “Durante a greve que paralisou mais da metade dos ônibus durante esses dias, recebemos denúncias de que pessoas com deficiência foram severamente maltratados nos coletivos por conta da superlotação. Contudo, isso não ocorre somente em períodos de greves, mas tem sido uma rotina para eles, infelizmente”, disse.

Para Rozenha, as atuais limitações do sistema de transporte urbano de Manaus  não justificam a falta de respeito com as pessoas com deficiência. “Não podemos pensar que o sistema só poderá atender de forma satisfatória os deficientes físicos após resolver problemas estruturais de décadas. Pensar dessa forma é um retrocesso. Essas pessoas já sofrem muito e precisam ter seus direitos atendidos o mais rápido possível”, afirmou.

Atualmente, o município conta com o programa Transporta que é um serviço de transporte gratuito na modalidade “porta a porta”, criado a partir do Decreto Municipal número 8.488, de 30 de maio de 2006, destinado às Pessoas com alto grau de mobilidade reduzida. “Sabemos da existência do programa, mas temos observado que ele sozinho não tem sido suficiente para suprir a demanda de usuários”, observou o vereador Rozenha.

De acordo com o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2010, Manaus tem, aproximadamente, 231 mil pessoas portadoras de deficiência física. Estimativas atuais da Associação dos Deficientes Físicos do Amazonas (Adefa) mostram que esse número de já chegou a quase 240 mil em 2013. 

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Publicidade
Publicidade