Publicidade
Manaus
Manaus

Projeto ‘Faixa Liberada’ nas Zonas Norte e Leste de Manaus

O projeto, que já funciona na Zona Oeste, interdita ruas para o tráfego de carros e as libera para práticas esportivas.  Os dois novos locais devem ser divulgados ainda neste semestre 18/08/2013 às 19:06
Show 1
A "Faixa Liberada" da Ponta Negra recebe em média 1,5 mil pessoas todos os domingos de 7h às 16h
acritica.com* Manaus (AM)

Em breve, a Prefeitura de Manaus vai levar o projeto "Faixa Liberada" para as Zonas Norte e Leste da cidade, informou o secretário municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel) Fabrício Lima, neste domingo (18).

O projeto interdita ruas para o tráfego de carros e as libera para práticas esportivas.  O anuncio dos dois novos locais deve ser feito ainda neste semestre.

Um estudo de fluxo e impacto de trânsito para indicar qual o melhor local para implantação de duas novas Faixas Liberadas semelhantes à da Ponta Negra, zona Oeste, está em fase de conclusão. Todos os domingos um dos sentidos da Estrada da Ponta Negra é interditado para veículos e liberado para a prática esportiva como a corrida e o ciclismo.

“Estamos fazendo um estudo de viabilidade com o trânsito. A determinação do Prefeito Arthur Virgílio Neto é fecharmos ruas nos fins de semana para a prática esportiva, mas sem atrapalhar a vida das pessoas e o trânsito. Estudos estão sendo feitos e no segundo semestre estaremos inaugurando duas Faixas Liberadas”, disse Fabrício.

As zonas Norte e Leste são prioridades do Executivo Municipal.  Na área Norte da cidade, o possível local é a Avenida das Torres. A "Faixa Liberada" da Ponta Negra recebe em média 1,5 mil pessoas todos os domingos de 7h às 16h.

A assistente social, Dayana Vincon, frequentadora da Faixa Liberada da Ponta Negra apoiou a iniciativa da Prefeitura de Manaus para estender o projeto a outras zonas da cidade.

“O lugar privilegiado que a gente tem é a Ponta Negra e estender para outros áreas e bairros da cidade seria excelente. A prática esportiva é qualidade de vida e eu acho importante que tenha em outros bairros também”, disse Dayana.


*Com informações da Secretaria Municipal de Comunicação

Publicidade
Publicidade