Publicidade
Manaus
Manaus

Projeto prevê novo modelo de ciclovias para Manaus

Inspirado em modelo de Sorocaba (SP), o espaço aumentaria a opção de transporte na região e daria mais segurança ao ciclista. Intenção é implantar a ciclovia na avenida das Torres 15/10/2013 às 18:34
Show 1
Sorocaba tem uma das maiores redes de ciclovias do País, com 106 quilômetros de extensão e omenor índice de acidentes envolvendo ciclistas
acritica.com* Manaus (AM)

A Prefeitura de Manaus está analisando a implantação de um novo modelo de ciclovia atendendo a uma indicação do vereador Ednailson Rozenha (PSDB) aprovada na Câmara Municipal de Manaus (CMM) em agosto deste ano. A proposta sugere a construção de um sistema de ciclovias, ciclofaixas e bicicletários na Avenida Governador José Lindoso, a “Avenida das Torres”.

Pela proposta, o calçamento das ciclofaixas seriam na cor  vermelha para dar destaque aos motoristas e seguranças aos ciclistas; o projeto também prioriza barreiras físicas de segurança nas laterais que podem amortecer qualquer tentativa de invasão de carros. A ideia garante ainda boa sinalização tanto para os ciclistas como para os condutores de outros veículos e por fim  prevê uma iluminação adequada em toda a sua extensão.

Segundo o vereador, a indicação tem como base o sistema de ciclovias da cidade de Sorocaba, em São Paulo, que possui uma das maiores redes de ciclovias do Brasil. São 106 quilômetros de extensão e também é o lugar com o menor índice de acidentes envolvendo ciclistas, próximo a zero.

Com espaço e segurança garantidos, o número de bicicletas só tem aumento na cidade paulista. Segundo a prefeitura local, em quatro anos, o número desse tipo de veículo passou de 190 mil para 300 mil em Sorocaba.  Apesar desse aumento, apenas um acidente envolvendo ciclista terminou em morte nos últimos quatro anos.

Rozenha destacou que a construção de ciclovias nas principais avenidas da capital, como a Avenida das Torres, é um dos principais compromissos da atual gestão municipal, que prometeu construir 80 quilômetros até o  final da administração.

“A Avenida das Torres tem 6.300 metros de extensão, o equivalente a mais de seis quilômetros, multiplicando por dois (os dois lados da pista) já teríamos aí 12 quilômetros de ciclovia. Esse número já representaria 60% da promessa anual, que é de 20 quilômetros”, finalizou o vereador.

*Com informações da Okay Comunicação

Publicidade
Publicidade