Publicidade
Manaus
Transversalizando 2016

Projeto de educação de trânsito deve alcançar 60 mil alunos da rede municipal

Ideia da nova versão é envolver na processo de ensino o incentivo do uso de materiais recicláveis para se falar de trânsito e que as crianças sensibilizem os pais por mais responsabilidade nas ruas 27/04/2016 às 16:39
Show 222
O foco deste ano será aos alunos do 1º ao 9º ano que irão receber incentivos para a criação de jogos e atividades pedagógicas que inclui a formação da educação de trânsito (Foto: Antonio Menezes)
Isabelle Valois Manaus (AM)

A nova versão do projeto Transversalizando o Trânsito, que incentiva alunos de rede municipal a compreender e compartilhar o comportamento correto no trânsito foi apresentado na manhã desta quarta-feira (27) aos gestores municipais no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Desta vez, a ideia é envolver na processo de ensino o incentivo do uso de materiais recicláveis para se falar de trânsito.

O projeto em si existe desde 2011. O foco deste ano será aos alunos do 1º ao 9º ano que irão receber incentivos para a criação de jogos e atividades pedagógicas que inclui a formação da educação de trânsito.

De acordo com o prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB), o projeto tem atingido o objetivo que além de educar os "pequenos" é reeducar os pais. "Ninguém é melhor para educar os próprios pais do que as crianças e elas próprio se educando, serão adultos que terão mais respeito às leis do trânsito e o respeito a vida humana", reforçou.

Para a titular da Semed, Katia Schweickardt é o dever da educação assumir como é que a secretaria pode atuar para mudar o comportamento das gerações presentes e futuras. "Não temos dúvida nenhuma que se ter essa educação desde pequenininho, vamos conseguir ter uma geração melhor que está bem mais a disposição da imprudência e em cometer muitos acidentes",disse.

Desta vez o projeto irá abranger mais de 60 mil alunos. O diretor-presidente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), Eudes Menezes Albuquerque comentou da importância da criança como elemento multiplicador. "Não existe pai nenhum que tenha vergonha de ser chamado atenção pelo filho, então eles são um elemento multiplicador para que se tenha essa redução. Assim vamos avançando e diminuindo o índice de acidentes na cidade", explicou.

O projeto é desenvolvido e executado em parceria da Semed com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) e em 2012 conquistou o 2º lugar nacional do Prêmio Denatran de Educação no Trânsito. No fiM do ano, a Semed irá apresentar todas as atividades que foram desenvolvidas junto ao projeto.

Publicidade
Publicidade