Publicidade
Manaus
PRESÍDIOS

Prorrogada por mais 60 dias presença da Força Nacional nos presídios do Amazonas

Os militares da Força Nacional atuam no apoio à segurança dos presídios do AM desde janeiro de 2017, após o massacre de 56 detentos no Compaj 17/01/2019 às 10:32 - Atualizado em 17/01/2019 às 10:32
Show 1103106 1061911 img 9633 12.01.17 1 3bea1e27 1825 4370 aff0 175a6ffe1680
Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo
Aécio Amado (Agência Brasil) Brasília (DF)

A Força de Segurança Nacional de Segurança Pública vai permanecer por mais 60 dias no trabalho de apoio ao Sistema Penitenciário do Amazonas. Portaria autorizando a prorrogação, assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foi publicada na edição desta quinta (17) do Diário Oficial da União.

Segundo a portaria, a Força Nacional vai atuar nas ações de policiamento ostensivo, fazendo o patrulhamento nos perímetros externos dos presídios. A prorrogação foi solicitada pelo governador Wilson Lima, do Amazonas.

Os militares da Força Nacional estão no Amazonas, no apoio à segurança dos presídios, desde janeiro de 2017, após a rebelião de presos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), que resultou na morte de 56 detentos.

No dia 11 de dezembro do mesmo ano foi autorizada nova prorrogação. Em abril do ano passado, o então ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, havia assinado portaria prorrogando, mais uma vez, o trabalho da Força Nacional no estado até 1º de janeiro deste ano.

Publicidade
Publicidade