Publicidade
Manaus
Manaus

PSB e integrantes da Rede Sustentabilidade vão afinar discursos

Partido que acolheu a ex-ministra e senadora Marina Silva tentará se adequar à sua postura política? 07/10/2013 às 17:28
Show 1
Luciana Valente, que integra a coordenação uma da Rede do Amazonas
Kleiton Renzo Manaus, AM

Será de muita conversa ao pé do ouvido a semana para os integrantes da Rede Sustentabilidade, que não teve o registro de partido aprovado pelos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e a executiva estadual do PSB, sob presidência do ex-prefeito de Manaus, Serafim Corrêa. Na pauta, afinar entendimento para a disputa pela cadeira do governador Omar Aziz (PSD).

“A gente chegou, literalmente, ontem (sábado) no PSB. Óbvio que eles já possuem seus planejamentos e discussões para 2014. Mas agora com esse novo fato (integração da Rede Sustentabilidade) isso tudo precisará ser rediscutido com base em programas e não em cálculos eleitorais. Programas para viabilizar o melhor para o Amazonas”, comentou Luciana Valente, da coordenação  da #Rede no Amazonas.

Tanto Serafim quanto Valente disseram que a primeira conversa das duas siglas, ontem após a filiação da ex-senadora Marina Silva ao PSB, foi “muito proveitosa”.

“É claro que eles participarão das conversas de 2014. Essa conversa começou no sábado com o grupo da Rede todo e outras conversas irão ocorrer no decorrer desta semana. Mas a orientação que nós temos, por enquanto, é que 2014 será discutido em 2014”, desviou Serafim.

Segundo Lúcia Valente nos últimos dois dias a coordenação da #Rede no Amazonas realizou contato com as pessoas que mostraram interesse em concorrerem nas eleições de 2014 pela #Rede, e que agora, precisam reafirmar a vontade, porém, “com uma filiação provisória no PSB”. “Nós não somos um partido de fato, mas somos de direito. Estamos provisoriamente abrigados no PSB e a gente quer participar de 2014 e influenciar no processo”, disse.

Publicidade
Publicidade